Controle do bicudo em algodoeiro

  • Página 35 |
  • Mar 2021 |
  • Guilherme Gomes Rolim, Instituto Mato-grossense do Algodão; Lucas Souza Arruda, Fundação Bahia; Jacob Crosariol Netto, Instituto Mato-grossense do Algodão; Eduardo Moreira Barros, Instituto Goiano de Agricultura

Praga de agressividade elevada e difícil de controlar, o bicudo-do-algodoeiro representa um grande desafio para os cotonicultores. Determinar o período correto para realizar as aplicações de inseticidas é fundamental para a manutenção de índices populacionais abaixo do nível de controle e prevenir a seleção de populações resistentes.

Seja assinante e leia a matéria na íntegra

Edição Anterior
Próxima Edição
  • N 263

    Abr 2021

    Controle localizado de percevejos

CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura