Feridas abertas

  • Página 26 |
  • Set 2019 |
  • Claudia Cardoso Nunes, Silvio André Meirelles Alves, Embrapa Uva e Vinho

Relacionado à presença de ferimentos como os de poda, colheita e queda de folhas, o cancro europeu é mais um dos desafios enfrentados pelos produtores de maçã. O monitoramento adequado e a adoção de medidas preventivas são fundamentais no manejo e mitigação dos danos provocados por esta doença.

O cancro europeu (Neonectria ditissima) é uma doença da macieira que afeta principalmente as partes lenhosas da planta, como o tronco principal e as demais ramificações das brotações de crescimento anual. Ocasionalmente, os frutos também podem ser infectados, causando danos na pré-colheita ou após períodos de armazenamento.

Seja assinante e leia a matéria na íntegra

Matérias da Edição:
  1. Página 8

    Mancha zonada

  2. Página 16

    Adubação verde

  3. Página 22

    Requeima manejada

  4. Página 36

    Fungos de solo

Edição Anterior
Próxima Edição
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura