Importância da manutenção regular em tratores e máquinas

  • Página 10 |
  • Jul 2020 |
  • Dauto Carpes, Gustavo dos Santos, Juan Paulo Barbieri e Eder Dornelles Pinheiro

O trator agrícola, numa propriedade rural, é a máquina responsável por tracionar, transportar e fornecer potência a outras máquinas e implementos. Por isso devemos direcionar um tempo para realizarmos a sua manutenção. O período da entressafra, ou pós-colheita, é o momento adequado para dedicar tempo e cuidados ao trator, máquina que realiza grande parte do trabalho nas propriedades rurais no dia a dia.

A vida útil de uma máquina pode ser alterada significativamente pelo tipo de manutenção que lhe é fornecida ou pelo modo com que a mesma é realizada, exigindo conhecimento teórico/prático dos operadores para que consigam extrair o máximo de desempenho do trator. A correta manutenção e o cuidado com o trator minimizam os efeitos desagradáveis de quebra e o atraso nas operações diárias da propriedade rural e ainda evitam que o produtor tenha custos mais altos com o reparo destas máquinas. Por mais que os operadores de tratores estejam muito bem preparados, a nova geração de tratores que vem carregada de alta tecnologia, exige cuidados específicos até então desconhecidos por quem já estava habituado a trabalhar com tratores há muitos anos.

Com relação à manutenção, podem ser encontradas divisões conforme o método de ação, deste modo, existem manutenções preventivas e corretivas. A manutenção preventiva é uma das mais recomendadas devido a corrigir problemas e falhas antes mesmo de isso acontecer, evitando a quebra ou o desgaste de componentes em série, bem como aumentando a disponibilidade da máquina para uso diário. Já a manutenção corretiva é utilizada somente quando a máquina apresenta quebras ou falhas, essa ação normalmente não apresenta planejamento prévio, ocasionando a perda de eficiência da atividade diária, de modo que a máquina poderá permanecer parada devido ao risco de indisponibilidade de peças e profissional técnico habilitado para a realização do conserto.

Dentre as atividades realizadas dentro destas duas modalidades, encontram-se lubrificações, troca e/ou adição de fluidos, ajuste de possíveis folgas, substituição de peças desgastadas ou danificadas, proteção e prevenção contra agentes nocivos que poderão ocasionar rupturas ou desgastes de componentes.

Como qualquer equipamento mecânico, em algum momento o trator exigirá um conserto ou uma troca de peças, cuja ação demandará um profissional especializado. Mas estas ocasiões de manutenção corretiva podem ser drasticamente reduzidas com o hábito de fazer o básico bem feito, o que chamamos de práticas de manutenção preventiva.

Pequenas intervenções diárias podem detectar possíveis avarias
Pequenas intervenções diárias podem detectar possíveis avarias


Manutenção correta evita paradas desnecessárias e prolonga a vida útil do trator
Manutenção correta evita paradas desnecessárias e prolonga a vida útil do trator

Estes cuidados implementados pelo proprietário do trator ou pelo operador muitas vezes não implicam custos adicionais, muito pelo contrário, são rotinas compostas de cuidados simples que de uma certa maneira podem ser comparadas às dedicadas aos cuidados diários que temos com nossos automóveis, como a verificações dos níveis de óleo, líquido do arrefecimento e até mesmo examinar o aperto das porcas dos rodados.

VERIFICAÇÃO DIÁRIA

Antes do início de qualquer trabalho com o trator, a verificação visual do equipamento é importante, a fim de constatar se não há nenhuma avaria visível, como pneu furado ou murcho, algum vazamento ou até mesmo a falta de um componente que acidentalmente tenha se desprendido da máquina após a sua utilização. Realizada a verificação visual e rotineira dos níveis, ao dar a partida no trator é importante dedicar algum tempo ao painel de instrumentos e aos ruídos da máquina. Com o motor em funcionamento em marcha lenta, busca-se perceber se esse ou os sistemas hidráulicos, mecânicos ou elétricos estão em perfeito estado.

No motor, para evitar falhas graves e elevar a vida útil do mesmo, é necessária a inspeção diária do nível de óleo, corrigindo o mesmo sempre que necessário. É importante consultar o manual do operador e utilizar o óleo recomendado pelo fabricante, bem como o número de horas em que seja efetuada a troca, inclusive do elemento filtrante, o que garante o correto desempenho e evita desgaste prematuro dos componentes móveis.

Alguns modelos de tratores apresentam no painel de instrumentos informações como horas restantes até a próxima manutenção, aliado a sistemas de diagnóstico de erros e falhas, que advertem ao operador situações anormais de utilização, prevenindo a ocorrência de danos a componentes internos. Somados a estes sistemas, motores com sistema de gerenciamento eletrônico podem limitar a potência e o torque ao detectarem anormalidades no funcionamento.

SISTEMA DE ARREFECIMENTO

O sistema de arrefecimento contribui para a manutenção da temperatura de trabalho dos sistemas, sendo de extrema importância para que o motor possa oferecer a máxima eficiência. A conformação, o número e as funções dos radiadores variam conforme as marcas e potências dos tratores. Eles são utilizados para resfriamento da água ou líquido de arrefecimento do motor, resfriamento do óleo da transmissão, resfriamento de ar no caso de motores com intercooler e resfriamento do retorno de combustível para o tanque.

Verificação do nível de óleo nos diferentes sistemas é fundamental
Verificação do nível de óleo nos diferentes sistemas é fundamental


O sistema de arrefecimento é um dos itens que exigem bastante atenção
O sistema de arrefecimento é um dos itens que exigem bastante atenção

Para um correto funcionamento dos sistemas deve-se observar o nível dos fluidos, completando sempre que houver a necessidade. Evitar o acúmulo de impurezas nas colmeias e aletas dos radiadores, o que contribui para a circulação de ar e funcionamento dos mesmos, para isso, pode ser feita a utilização de ar comprimido ou jato de água no sentido inverso ao fluxo de ar, além de manter livres de impurezas e obstruções as entradas de ar do capô de fechamento do motor.

SISTEMA DE ALIMENTAÇÃO

Com relação ao sistema de alimentação, a qualidade do combustível influencia diretamente na vida útil do sistema. O sistema de filtragem pode ser composto por pré-filtro e filtro, que executam a sedimentação de água e impurezas, evitando que as mesmas circulem pelo sistema. É importante que sejam realizadas diariamente a drenagem da água e limpeza das impurezas, de modo que não ocasionem a restrição da passagem de combustível para o sistema de injeção, o que poderá acarretar perda de potência do motor, além de entupimentos ou desgaste prematuro de componentes do sistema.

A substituição do elemento filtrante deve considerar as recomendações contidas no manual do operador ou situações em que sua condição de atuação seja ineficiente. O sistema de filtragem do ar deve garantir a passagem de ar livre de impurezas, garantindo qualidade e quantidade para o sistema de admissão do motor, a manutenção dos elementos de filtragem se dá conforme a recomendação do fabricante. Filtros descartáveis devem ser substituídos sempre que ocorrer a advertência de restrição de ar no painel de instrumentos, filtros que permitem limpeza, o número de vezes será de acordo com a recomendação do fabricante, podendo ser feita batendo-se a estrutura em sentido oposto ao fluxo de ar ou utilizando-se jato de ar comprimido, com os devidos cuidados para evitar danos ao elemento filtrante, bem como à estrutura de vedação.

TRANSMISSÃO

Os cuidados com a transmissão também devem ser periódicos, grande parte dos modelos disponíveis no mercado apresenta reservatório de óleo que contempla transmissão, sistema hidráulico e direção, deste modo, o nível incorreto ocasionará funcionamento ineficiente destes componentes. Como consequências, poderão ocorrer o superaquecimento e a aceleração do desgaste de componentes pela lubrificação insuficiente. Grande parte dos fabricantes apresenta sistemas de advertência no painel de instrumentos do trator, alertando para temperatura do óleo, bem como níveis incorretos, além de visores de nível fixados na carcaça do trator, o que facilita a visualização rápida. Para substituição do óleo, deve-se observar a recomendação de especificações e prazos pelo fabricante.

MANUTENÇÕES PROGRAMADAS

Os cuidados diários com a manutenção e o bom funcionamento de um trator não são tarefas apenas dos próprios usuários. É necessário estar atento também às revisões periódicas recomendadas pelos fabricantes. Em tratores recém-adquiridos, principalmente durante o período de garantia, é importante realizar estas revisões por profissionais e concessionárias especializados.

A ocasião dessas revisões periódicas pode variar de marca para marca e de modelo para modelo, por isso deve-se consultar sempre o manual de operação. Os períodos ou o número de horas determinadas para essas revisões são informados no manual do operador e devem estar sempre presentes no posto de operação da máquina, para rápida consulta por parte do operador.

O zelo com os tratores é tão valioso que dedicando-se aos cuidados diários de manutenção e operação, o produtor rural terá seu trator em plenas condições, sem paradas forçadas, contribuindo para a elevação da produtividade de trabalho, redução dos custos operacionais e economia de combustível, bem como aumento da eficiência dos recursos disponíveis nos tratores agrícolas.

Dauto Carpes
Gustavo dos Santos
Juan Paulo Barbieri
Base Assessoria Agronômica
Eder Dornelles Pinheiro
AGCO

É importante manter os pneus calibrados constantemente
É importante manter os pneus calibrados constantemente
Edição Anterior
  • N 206

    Jul 2016

    Luta árdua contra o Amaranthus palmeri

Próxima Edição
  • N 208

    Set 2016

    Mudança de sensibilidade - Ferrugem asiática

CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura