Potencial de fermentação em café

  • Página 10 |
  • Set 2021 |
  • Willian dos Santos Gomes, Univ. Federal do Espírito Santo - Ufes; Lucas Louzada Pereira, Instituto Federal do Espírito Santo - Ifes; Fábio Luiz Partelli, Univ. Federal do Espírito Santo - Ufes

Importante para a remoção da mucilagem e na busca por criar características sensoriais essenciais de qualidade em cafés Arábica e Conilon, a fermentação se torna uma das técnicas que precisam ser planejadas com atenção desde o cultivo até sua efetiva aplicação no processamento da bebida.

O café é uma das bebidas mais consumidas em todo o mundo. A popularidade está associada à sua característica sensorial e ao sabor agradável. No ano de 2019 a produção mundial de café alcançou aproximadamente 174 milhões de sacas, sendo 59,8% da espécie Coffea arabica (Arábica) e 40,2% oriunda da espécie C. canephora (Conilon ou Robusta), movimentando cerca de U$ 173 milhões, segundo a Organização Internacional do Café.

Em virtude disso, nos últimos anos a busca por processos que agregam mais qualidade tem se tornado uma constante na condição de produção de alimentos. Desta forma, o café está inserido nesta abordagem, onde processos estão sendo desenvolvidos para melhoria constante da qualidade, seja física ou sensorial. Para isso, uma série de práticas de pré e pós-colheita são consideradas contribuidores críticos para a definição da qualidade da bebida.

Seja assinante e leia a matéria na íntegra

Edição Anterior
  • N 267

    Ago 2021

    Broca da cana e podridão vermelha

CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura