Quais as principais regulagens e cuidados na colheita do feijão

  • Página 6 |
  • Set 2021 |
  • Hevandro Colonhese Delalibera, Iapar-Emater, IDR-Paraná

A colheita do feijão exige muito cuidado com cada detalhe da colhedora, sendo também uma das culturas que mais exigem treinamento e habilidade do operador, já que muitas perdas estão ligadas mais a interações humanas do que a componentes da máquina.


A cultura do feijoeiro tem ganhado espaço importante na agricultura brasileira, pois, além do feijão estar presente no dia a dia da alimentação do brasileiro, a cultura apresenta bom retorno econômico e, em áreas maiores, tem sido considerada como fundamental para viabilizar projetos de agricultura irrigada. Estes fatores têm contribuído para a tecnificação da cultura, a qual tem atendido não somente os grandes produtores como também os agricultores familiares. Neste contexto a total mecanização da cultura tem destaque, pois resolve problemas com a falta de mão de obra, principalmente no momento da colheita, e, também, reduz custos de produção, independentemente se realizada com máquinas próprias ou terceirizadas, visto que há diversos terceirizadores que estão se especializando na colheita do feijão.

Dentre as etapas de mecanização da cultura do feijão, a mais complicada e que envolve as maiores perdas é o processo de colheita, no qual atualmente é comum e viável o uso de colhedoras combinadas equipadas principalmente com plataformas universais com barra de corte flexível, em substituição à colheita semimecanizada e à manual. Porém, o produtor que tem intenção de realizar a colheita do feijão através de colhedoras combinadas também precisa se atentar e tomar alguns cuidados desde a implantação da cultura até o momento da colheita. 

Seja assinante e leia a matéria na íntegra

Edição Anterior
  • N 218

    Jul 2017

    ANTRACNOSE: Avanço sorrateiro

Próxima Edição
  • N 220

    Set 2017

    MOFO NA REDE : Sclerotinia sclerotiorum

CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura