Resistência implacável

  • Página 8 |
  • Set 2019 |
  • Mateus Tonini Eitelwein, Rodrigo Gonçalvez Trevisan e Marcos Nascimbem Ferraz, Smart Agri; José Paulo Molin, USP/Esalq

Ao longo dos anos o problema de plantas daninhas resistentes tem perturbado o sossego de produtores brasileiros, com agravamento de prejuízos e aumento dos custos de produção. A resposta para enfrentar este desafio reside no bom uso da tecnologia.

Não é de hoje que as plantas daninhas tiram o sono do produtor rural. No entanto, em 1994, quando foi anunciada nos EUA a soja transgênica resistente ao herbicida glifosato, parte do problema parecia ter acabado, ou pelo menos estava próxima do fim. Neste momento, se iniciou uma batalha judicial buscando trazer a tecnologia RoundUp Ready para as lavouras brasileiras. As primeiras cultivares foram introduzidas ilegalmente na região Sul do Brasil, no final da década de 1990, vindas principalmente do Paraguai e da Argentina. A longa batalha só acabou em 2003, quando a lei 10.688/2003 foi sancionada e liberou o cultivo de soja transgênica no Brasil.

Seja assinante e leia a matéria na íntegra

Matérias da Edição:
  1. Página 14

    Agentes aliados

  2. Página 18

    Custo de tratar

  3. Página 22

    Eficácia otimizada

  4. Página 30

    Alvos agrícolas

  5. Página 32

    Como controlar

  6. Página 38

    Alvo monitorado

  7. Página 41

    Futuro semeado

  8. Página 42

    Mofo disseminado

Edição Anterior
  • N 243

    Ago 2019

    Teste de fogo para fungicidas

Próxima Edição
  • N 245

    Out 2019

    Soma de esforços contra doenças em soja

CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura