Teias de proteção

  • Página 32 |
  • Jan 2019 |
  • Marcia Yamada Jaime Vargas de Oliveira Neiva Knaak Irga

Os agroecossistemas sustentáveis objetivam alcançar características semelhantes às de ecossistemas naturais, assegurando a presença de inimigos naturais e outros organismos benéficos ao sistema. As lavouras de arroz irrigado e áreas próximas possuem grande diversidade de inimigos naturais, onde as aranhas desempenham papel importante sobre a regulação de populações de pragas, garantindo a produtividade com menores impactos ao ambiente e redução dos custos de manejo. Essas áreas proporcionam ambientes diversificados e dinâmicos, que abrigam uma diversidade biológica rica, mantida pela rápida colonização assim como pela rápida reprodução e crescimento dos organismos. 

O uso indiscriminado de agroquímicos, como forma de controle populacional, contribui para o aumento da proliferação de pragas nas culturas, por eliminar seus inimigos naturais. Nesse contexto, torna-se difícil manter a diversidade biológica e as interações presa-predador em equilíbrio. Como forma de preservação destes artrópodes, recomenda-se o Manejo Integrado de Pragas (MIP), que enfatiza abordagens ecológicas para estabelecer soluções permanentes para o problema das pragas, ao fornecer estrutura para o desenvolvimento de programas de manejo.

IMPORTÂNCIA 
DAS ARANHAS

Os inimigos naturais têm sido caracterizados como organismos especializados no controle biológico de pragas. Entre os principais artrópodes destacam-se aranhas, libélulas, tesourinhas, joaninhas, dípteros e himenópteros, que alimentam-se de insetos adultos, ovos, pupas, imaturos, ácaros, pulgões e outros artrópodes. São importantes devido à sua constante presença nas áreas, riqueza, diversidade, abundância relativa e capacidade de reduzir a densidade da população de pragas e os danos, tornando suas interações relativamente estáveis.
As aranhas representam um dos principais grupos da fauna de artrópodes dos sistemas agrícolas e, como predadores generalistas, podem alimentar-se de 40% a 50% da biomassa disponível de insetos, outras aranhas e pequenos vertebrados representando um papel importante no controle biológico de espécies causadoras de danos às culturas de importância econômica (Riechert, Lockley, 1984; Tarabaev, Shekin, 1990; Green, 1996; Vangsgaard, 1986).
Dentre os diversos grupos de artrópodes, as aranhas se destacam nos agroecossistemas de arroz (Didonet et al, 2001). As famílias de aranhas comumente encontradas em arroz irrigado são Araneidae, Lycosidae, Tetragnathidae, Salticidae, Anyphaenidae e Oxyopidae (Beevi et al, 2005; Rodrigues et al, 2008 e 2013).

Seja assinante e leia a matéria na íntegra

Matérias da Edição:
  1. Página 4

    Em movimento

  2. Página 10

    Clima x Manejo

  3. Página 17

    Voltou para ficar

  4. Página 36

    Duas em uma

  5. Página 40

    Peste laranja

  6. Página 44

    Como interagem

  7. Página 48

    Impacto no bolso

  8. Página 56

    Lagartas em alta

Edição Anterior
  • N 235

    Dez 2018

    Sob pressão da ferrugem asiática

Próxima Edição
  • N 237

    Fev 2019

    Hora certa de manejar percevejos