NOTÍCIAS

Aberta inscrição para pós-doutorado em microbiologia do solo com bolsa da Fapesp

A Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) da Universidade de São Paulo (USP), em parceria com a Embrapa Meio Ambiente (Jaguariúna, SP), oferece oportunidade de pós-doutorado, com bolsa da Fundação de Amparo a Pesquisa de São Paulo (Fapesp), vinculada ao Projeto Temático “Mudanças climáticas e eficiência energética na agricultura: um enfoque em estresse hídrico, manejo orgânico e biologia do solo”. O prazo da inscrição termina em 30 de setembro de 2017 e pode ser feita em http://www.fapesp.br/oportunid...

O objetivo do projeto é otimizar métodos de manejos da matéria orgânica eficazes, assim como testar consórcios microbianos que minimizem os efeitos do estresse hídrico. Desse modo, a proposta visa a contemplar uma melhor compreensão da comunidade microbiana em ambientes agrícolas orgânicos, otimizando processos para uma eficiência energética e tolerância ao estresse hídrico.

Os pesquisadores principais do projeto são Itamar de Melo, da Embrapa Meio Ambiente e Elke Cardoso, professora titular da Esalq. Conforme Itamar, o bolsista irá estudar o desenvolvimento de inoculantes bacterianos para a promoção de crescimento de plantas na cultura do milho.

Por isso, é essencial o conhecimento em microbiologia do solo, análises de enzimas antioxidantes e desenvolvimento de formulações microbianas, além de técnicas de biologia molecular, com habilidades em análises independentes de cultivo, principalmente as relacionadas a sequenciamento em larga escala e bioinformática.

As inscrições devem ser dirigidas a Itamar Melo (itamar.melo@embrapa.br e a Fernando Dini Andreote (fdandreo@gmail.com). A seleção será feita, primeiramente, com base nos documentos apresentados para inscrição. Cinco candidatos serão selecionados para entrevista, que será realizada pessoalmente ou por skype, na qual as habilidades nos tópicos do projeto serão verificadas e outros pontos serão discutidos.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica, que equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa. Caso o bolsista precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações em fapesp.br/bolsas/pd.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura