NOTÍCIAS

​Abertura Oficial da Colheita do Arroz será em Cachoeirinha, RS

  • 30/08/2016 |
  • Nestor Tipa Júnior

Foto: Débora Grau/Federarroz/Divulgação

A vigésima-sétima edição da Abertura Oficial da Colheita do Arroz, organizada pela Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz) em parceria com o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), será realizada entre os dias 16 e 18 de fevereiro de 2017 na Estação Experimental do Arroz em Cachoeirinha (RS). O lançamento oficial foi feito durante evento realizado nesta segunda-feira, 29 de agosto, durante a Expointer.

A escolha do local, de acordo com o presidente da Federarroz, Henrique Dornelles, é o de mostrar ao público a importância do instituto estadual para a cadeia produtiva do arroz. Lembra que o Irga é um órgão de natureza pública e que se mantém graças à taxa CDO que é retirada da cadeia produtiva. "O Irga depende exclusivamente desta taxa, arrecadada durante o processo de colheita/beneficiamento. É um órgão público com recurso privado.", explica.

Além disso, o dirigente da Federarroz afirma que o instituto tem se destacado pelos resultados que vem obtendo no campo, graças a uma equipe sintonizada com o setor produtivo. "A Abertura da Colheita do Arroz veio para a Estação do Irga em Cachoeirinha porque é o segundo ano de um órgão administrado por uma equipe escolhida pelo setor arrozeiro, sem ingerência política, e que vem trazendo resultados tanto na transferência, quanto na formação de novas tecnologias", observa.

O objetivo no evento do próximo ano, conforme Dornelles, é mostrar aos produtores as novas tecnologias que vem sendo trabalhadas por empresas e entidades do setor arrozeiro no país para que os produtores possam ter maior sustentabilidade. "A próxima Abertura Oficial da Colheita do Arroz será o ponto de distribuição de novas tecnologias que poderão dar o novo passo para uma revolução verde no arroz. A integração é parte essencial para isso. Serão apresentadas tecnologias de cultivares e sistemas de manejo, que serão trabalhados no sentido de dar maior competitividade ao setor arrozeiro gaúcho", afirma.

Além da tradicional cerimônia oficial de abertura da colheita, que ocorre no sábado, o evento também contará com ciclo de palestras e reuniões e as vitrines tecnológicas. As empresas participantes já estão se organizando para apresentar as novidades e inovações para os produtores. A expectativa é que pelo menos dez mil pessoas participem dos três dias do evento.


ver mais notícias