NOTÍCIAS

Ações de pesquisa recebem apoio de parceiros na Expoagro Afubra

Convenios são assinados para que tecnologias sejam multiplicadas por produtores licenciados. Foto: Paulo Lanzetta

Na primeira tarde de exposição da 19ª Expoagro Afubra, que acontece até esta quinta-feira, 28 de março, em Rio Pardo/RS, a Embrapa assinou quatro convênios importantes junto a parceiros desta região do Estado do RS para dar desenvolvimento a sua agenda de atividades em pesquisa. Foram assinados contratos de parceria entre a Empresa e a Afubra, a Universidade de Santa Cruz (UNISC), a Phillip Morris do Brasil e o Banrisul. O ato foi realizado no auditório principal do Parque da Afubra, na presença de autoridades, parceiros e membros das ações e projetos de pesquisa e desenvolvimento. A Chefia da unidade de pesquisas da Embrapa Clima Temperado (Pelotas,RS) conduziu a cerimônia.

O primeiro convênio assinado foi entre a Embrapa Clima Temperado (Pelotas,RS) e a Afubra para dar continuidade até 2021 de ações de transferência de tecnologias e capacitação aos agricultores familiares. "Nós continuamos dispostos a trabalhar com gosto e com cuidado, sem desperdiçar uma muda se quer", expressou o presidente da Afubra, Benício Werner, que exaltou o trabalho de multiplicação de materiais da Embrapa feitos pela parceria existente com a Associação com o objetivo de diversificar as culturas nas propriedades rurais. Ele ainda, destacou a grande procura pelos materiais genéticos de batata-doce e do capim BRS Kurumi, que atualmente, está presente em 13 estados brasileiros.

O segundo contrato foi feito entre a Unidade de pesquisas de Pelotas (RS) e a UNISC, especialmente para realizar capacitações aos agricultores, através do Centro Vocacional Tecnológico (CVT) nas áreas de fruticultura, olericultura, grãos, leite, frango caipira, agregação de valor e produção agropecuária. "Hoje, reconhecemos publicamente esta aliança que se forma, celebramos o saber científico e a experiência da Embrapa que empresta à Universidade e aos públicos a serem capacitados nas áreas temáticas selecionadas", disse o Pró-Reitor de Extensão e Relações Comunitárias, professor Angelo Roque.

Para este convênio com a UNISC foi realizada uma reunião no CVT, dentro do parque da Expoagro Afubra, após este ato de assinaturas, com os representantes das unidades de pesquisa da Empresa a fim de estabelecerem um cronograma de cursos para 2019. Foi firmado que serão eleitos os responsáveis por cada área temática, mas que o primeiro curso ficou definido para ocorrer no mês de maio.

O ato  de assinaturas contou também com a fala do Secretário de Agricultura Familiar e Cooperativismo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Fernando Schwanke, que destacou o quanto a Embrapa tem contribuído para a agricultura brasileira e que a Unidade de pesquisas de Pelotas, tem contribuído demais com a agricultura familiar. "Nós temos orgulho da região Sul que dá exemplo para o nosso país. Ela é forte e possui um protagonismo importante", disse Schwanke.

A cerimônia fechou com a manifestação do chefe-geral da Embrapa Clima Temperado, Clênio Pillon, que destacou o relato de um produtor que chegou a Porto Alegre de avião, pegou um uber até Rio Pardo, e foi à Expoagro somente para adquirir mudas de capim BRS Kurumi.  "Essas são demonstrações cabais que traduzem essa parceria com a AFUBRA", disse Pillon. Ele ainda destacou outras culturas que a Embrapa tem desenvolvido e se destacado na região com outros parceiros, como o caso da cana-de-açúcar. E ainda lembrou que todas as ações realizadas com essas parcerias firmadas são instituições e empresas de grande envergadura. "Os projetos desenvolvidos nesta parceria de ganha a ganha são com ações de sucesso inovadoras da rede pública, aonde embarcamos o que temos de melhor em tecnologias", reafirmou Pillon.

Apoio aos Quintais Orgânicos

As duas últimas assinaturas de parceria ficaram por conta do projeto Quintais Orgânicos, que formalizaram a continuidade de ações entre a Embrapa Clima Temperado e a Phillip Morris do Brasil, que irá apoiar na logística para implementar mais quintais aonde forem solicitados, e o Banrisul que se associa pela primeira vez a esta ação, com a colaboração na visibilidade da marca Quintais Orgânicos. O projeto alcança cerca de 15 anos.

"Temos a grata satisfação de ver que todas as empresas de tabaco desta região sempre estiveram preocupadas com a diversificação das lavouras, e esta parceria também significa isso, que estamos apoiando a diversificação quando apoiamos os Quintais Orgânicos", disse o diretor comercial do Banrisul, Osmar Paulo.

O português Pedro Braga, Diretor de Tabaco da Phillip Morris para as Américas, falou da alegria e honra prestar apoio ao projeto Quintais Orgânicos para que a ação se alastre muito mais dentro do país porque é um projeto eficiente, e que viu de perto, dentro do Parque da Expoagro, como é o projeto, na área demonstrativa da Embrapa.

O projeto Quintais Orgânicos  está há oito anos implantado no parque da Afubra. Desde que foi instalado naquela região foram implementados 191 quintais no entorno de Rio Pardo, principalmente através da atuação da Escola Família Agrícola de Santa Cruz (EFASC) e a Escola Família Agrícola do Vale do Sol (EFASOL). Com o apoio da Phillip Morris no ano de 2018 o projeto alcançou 31 quintais. Ao firmar a continuidade de apoio ao projeto para 2019, os Quintais Orgânicos pretendem conquistar 25 novos quintais. "Nossa expectativa é que em 2020 a gente celebre a marca de 2.500 quintais orgânicos instalados", disse o engenheiro agronômo responsável pelo projeto, Fernando Gomes.

A Embrapa está representada na 19ª Expoagro Afubra, através de nove espaços temáticos, com a presença de técnicos de seis unidades de pesquisa do Estado e fora do RS. A Expoagro Afubra é uma das maiores feiras dedicadas à Agricultura Familiar da América Latina.
    


ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura