NOTÍCIAS

Adesão ao selo “Vigor + Semente de Santa Catarina Qualidade Superior” deve aumentar na próxima safra de soja

Buscando melhorar a visibilidade dos seus associados, a APROSESC (Associação dos Produtores de Sementes e Mudas do Estado de Santa Catarina) lançou, em 2018, o selo “Vigor + Semente de Santa Catarina Qualidade Superior”.

Em 2019, com a campanha “Eu Uso Semente de Santa Catarina”, o objetivo é disseminar os resultados positivos obtidos pelos clientes que utilizaram o selo, e ampliar sua adesão entre os produtores de sementes associados à entidade.

Inicialmente, quatro empresas aderiram ao selo. Para este ano, o presidente da APROSESC, Daniel Gustavo Junges, afirma que a expectativa é aumentar este número. “Entendemos que, com o passar do tempo, nossos clientes pedirão pelo selo por sentirem que as sementes com estes padrões definidos de qualidade, têm um resultado muito bom para as suas lavouras”, destaca Junges.

“A criação do selo teve como objetivo elevar a régua de qualidade das sementes de soja produzidas em SC”, explica o presidente da associação. Para receber a distinção, os lotes devem apresentar germinação acima de 90% e vigor acima de 85%.

Santa Catarina destaca-se como um estado exportador de sementes de soja, e tem como principais mercados os estados do Paraná, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, São Paulo, e também o Paraguai. “Em termos de mercado, sabemos que nosso produto é muito bem visto a nível nacional e também internacional”, ressalta Daniel Gustavo Junges.

As condições endafoclimáticas fazem de Santa Catarina um estado privilegiado para a produção de sementes de soja. A alta fertilidade dos solos, a temperatura amena em que a cultura se desenvolve e a tecnologia de ponta utilizada pelos produtores no manejo de suas lavouras são diferenciais que, aliados, costumam garantir a qualidade do produto catarinense.

 

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura