NOTÍCIAS

Aegilops planeja expansão da tecnologia Easy Flow no mercado brasileiro de tratamento de sementes

Algodão tratado com Easy-flow.

Acabamento diferenciado, maior fluidez e substituição do grafite são alguns dos diferenciais da tecnologia de revestimento de sementes Aegilops Easy Flow, que a Aegilops Applications, companhia francesa que integra a plataforma da Bioline Group, expande no Brasil nesta safra. A tecnologia foi introduzida no mercado brasileiro, no ano passado, com sucesso, e, por isso, a companhia planeja aumentar sua presença no país este ano. O Aegilops Easy Flow pode ser usado tanto para o tratamento industrial de sementes quanto on farm, e é aplicável para uma grande gama de culturas, desde as do Centro-Oeste brasileiro, como soja, milho e algodão, até as do Sul, como arroz, cevada e trigo. Esta última é a inspiração do nome da companhia normanda, já que aegilops, em botânica, define um tipo de gramínea selvagem ancestral do trigo que conhecemos hoje. A Bioline é a divisão agrícola do Grupo francês InVivo, que atua no país desde 2007.

As vantagens do Aegilops Easy Flow vão além do melhor aproveitamento do potencial das plantadeiras, em linha com a agricultura de precisão. Ele também traz benefícios operacionais, por conta da substituição do grafite, elemento condutor de eletricidade e conhecido causador de problemas respiratórios. “O grafite, por ser um metal e ficar em suspensão, pode ocasionar danos aos equipamentos elétricos nas unidades de beneficiamento de sementes, e facilitar a ocorrência de quedas e acidentes no local de trabalho. Estes fatos já seriam suficientes para evitá-lo por si só, porque trazem problemas objetivos para a estrutura de beneficiamento. Mas, ainda mais sério, o grafite pode impactar na saúde dos operadores tanto das unidades de tratamento, quanto da operação de semeadura. Por conta disso, já foi banido para este tipo de uso em alguns países na Europa, e a tendência é que comece a ser evitado também no Brasil”, explica o CEO da Bioline Latam, Eduardo Dallastra.

Ainda de acordo com Dallastra, os polímeros de revestimento de sementes têm evoluído muito nos últimos anos. Hoje apresentam maior qualidade e são mais versáteis, para atender às necessidades dos clientes, que, cada vez mais, demandam a possibilidade de combinar diferentes produtos no tratamento de sementes. “Antes, se usava um ou dois princípios ativos. Agora, chegamos ao ponto de poder misturar moléculas químicas com agentes biológicos, preservando as características de ambos. Mais produtos estão sendo embarcados, o que requer uma evolução dos polímeros”, pontua Dallastra.

Soja tratada com Easy-flow
Soja tratada com Easy-flow.

Dois em um

“A Aegilops Easy Flow é uma dupla solução: garante a secagem e também a lubrificação da semente”, detalha Leandro Trafane, Líder de Tecnologias de Sementes para América Latina, da Aegilops Applications. Segundo Trafane, a perfeição de acabamento, garantida pela tecnologia, é uma vantagem a mais, que aumenta a produtividade das máquinas nas lavouras, favorecendo a plantabilidade.

Apesar de recente no Brasil, a tecnologia vem conquistando clientes. “Entre as principais vantagens do Easy Flow no tratamento industrial de semente, destaca-se, principalmente, a baixa dispersão de partículas, reduzindo a produção de poeira no momento do tratamento. Além disso, ele possui alta capacidade de lubrificação, melhorando a fluidez”, enfatiza o Gerente de Produção da Polato Sementes, Ivan Riedo.

Já para Junior Menezes, supervisor da Sementes Tropical, “o Easy Flow entrega ótimo acabamento, com boa cobertura e fluidez no sistema de mangueiras e dosagem da máquina. A solução não apresenta desprendimento, dispersão, contaminação do ambiente e proporciona também excelente fluidez da semente durante o plantio”.

Em ambiente industrial, no Brasil, os experimentos atestam que, com o Easy Flow, os limites de exposição do operador às partículas de suspensão ficam, em média, 2,5 vezes abaixo do estabelecido pela entidade de referência em Higiene e Segurança Ocupacional, a American Conference of Governmental Industrial Hygienists. Portanto, é mais segura e vantajosa do que a solução tradicional (pó secante+grafite).

De acordo com Fábio Marques, Gerente de Novos Negócios da Bioline, o Easy FLow é uma das muitas possibilidades que a Aegilops já disponibiliza no Brasil. “Este ano, a tecnologia francesa será produzida nacionalmente, para atender aos clientes brasileiros com mais agilidade e competitividade”, conclui.

Para Eduardo Dallastra, a Aegilops Applications representa mais que uma inovação e alternativa tecnológica para o produtor rural, mas uma prova da importância do Brasil para o grupo Invivo. “A Bioline Latam é uma plataforma de lançamento de diferentes negócios e produtos do Invivo Group na França e em cerca de 30 países no mundo, e tem total aderência ao mercado brasileiro”, avalia Dallastra.

Filtros coletores de poeira Easy-flow x Pó secante + Grafite
Filtros coletores de poeira Easy-flow x Pó secante + Grafite.
ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura