NOTÍCIAS

AGCO compra a dinamarquesa Cimbria

  • 26/07/2016 |
  • Tuca Figueira

A AGCO, fabricante e distribuidora mundial de equipamentos agrícolas, anunciou a aquisição da Cimbria Holdings Ltd., por aproximadamente US$ 340 milhões. A Cimbria pertencia à Silverfleet Capital e tem sede em Thisted, na Dinamarca. A transação está sujeita a aprovação regulatória e deverá ser concluída até setembro.

A lista extensa de produtos e serviços oferecidos pela Cimbria inclui suporte a limpeza, secagem, armazenamento e transporte de grãos e sementes por meio do desenvolvimento, fabricação e instalação de máquinas individuais, sistemas personalizados e implementação completa de planta no modelo de “turn key” (contratação de um empreendimento em sua integralidade, compreendendo todas as etapas de projeto, obras, serviços e instalações necessárias), bem como gerenciamento de projetos e controle dos processos de consultoria. Com vendas concentradas na Europa Ocidental, e crescente expansão para Europa Oriental, África e Oriente Médio, a Cimbria tem expectativa de atingir cerca de US$ 240 milhões em negócios este ano.

"A aquisição da Cimbria melhora significativamente nossa posição de mercado na indústria europeia de manipulação e armazenagem de grãos", afirma Martin Richenhagen, diretor, presidente e CEO da AGCO. "Os produtos da Cimbria são complementares às ofertas de nosso sistema de armazenagem e secagem de grãos (GSI) e são reconhecidos pelos clientes por seu design, qualidade e inovação. Essa combinação também fornece significativa sinergia de marketing e de redução de custos e vai permitir que alcancemos uma posição de liderança global na indústria de manuseamento de sementes, bem como fortalecer ainda mais nossas capacidades para atender grandes clientes globais. Com margens semelhantes da GSI, a aquisição da Cimbria nos oferece uma oportunidade atrativa para aumentar nosso negócio e expandir nossas margens."

O Rabobank está atuando como assessor financeiro e Herbert Smith Freehills está trabalhando como assessor jurídico da AGCO.

Comunicado Safe Harbor

Declarações que não fatos históricos, incluindo sobre vendas projetadas para 2016 e expectativas acerca do crescimento futuro e empreendimentos com sinergia de custos, são prospectivas e sujeitas a riscos que podem fazer com que os resultados reais sejam materialmente diferentes daqueles sugeridos pelas declarações. Estes riscos incluem, mas não são limitados, a possíveis quedas na procura dos produtos por conta do clima, demanda e outras condições que impactem a produção agrícola, ações dos produtores de mercadorias concorrentes e aos demais riscos inerentes às aquisições. Mais informações referentes a este e outros fatores estão nos arquivos da Comissão de Câmbios e Valores Mobiliários da AGCO, incluindo o formulário 10-K referente ao ano de 2015. A AGCO refuta qualquer obrigação de atualizar quaisquer declarações prospectivas, salvo as requeridas por lei.

ver mais notícias