NOTÍCIAS

AgroBrasília apresentará inovações em irrigação

O crescimento da atividade tem se tornado mais forte e persistente nas últimas décadas, ao se intensificar ainda mais nos últimos anos, dada a dinâmica e diversificação das culturas. Foto: Tony Oliveira/CNA Brasil

O Brasil está entre os dez países com maior área equipada para irrigação do mundo. Atualmente, 6,95 milhões de hectares estão equipados para irrigação, segundo dados da Agência Nacional de Águas (ANA). Quatro estados concentram quase 80% da área ocupada por pivôs centrais no país. São eles: Minas Gerais, Goiás, Bahia e São Paulo.

No município de Cristalina, no sudeste de Goiás, cerca de 63 mil hectares são irrigados com equipamentos, como pivô central, gotejamento e microaspersão. Entre as 56 culturas irrigadas, alho, batata, cebola e tomate são as que já bateram recorde de produtividade no ano de 2018, assim como o trigo, com 145 sacas por hectare.

Já na região noroeste de Minas Gerais, os municípios de Unaí, Paracatu, Guarda-Mor e Bonfinópolis somam juntos o total de 100 mil hectares irrigados.

O crescimento da atividade tem se tornado mais forte e persistente nas últimas décadas, ao se intensificar ainda mais nos últimos anos, dada a dinâmica e diversificação das culturas. Porém, a irrigação ainda é pequena frente ao potencial estimado do país, pois muitos avanços ainda são necessários para melhor caracterização e monitoramento da atividade.

Com a técnica da irrigação é possível fornecer alimento para todo o mundo de forma equitativa e racional. Além de imprescindível na região do Distrito Federal e entorno, a técnica é essencial para manter a produtividade no campo e a rentabilidade.

De acordo com o secretário-executivo da Associação dos Irrigantes do Estado de Goiás (Irrigo), Bruno Vicente Marques, a irrigação na região é fator determinante para o desenvolvimento econômico, social e sustentável. “Temos na região um período climático definido, com estações chuvosas e secas, e exploramos diversas atividades que dependem exclusivamente da irrigação, como alho, batata, feijão, cebola, tomate, milho e soja e, com isso, a gente consegue viabilizar uma safra mais precisa. A prática da irrigação nessa área traz segurança para o produtor rural, principalmente nos períodos de veranicos, quando já temos um déficit hídrico já programado naturalmente. Dessa forma, garantimos que as lavouras e as produções tragam resultados mais esperados”, explica.

Referência para o setor de agronegócio, a AgroBrasília, a maior exposição de agronegócio do Planalto Central e uma das maiores do país, irá trazer para o Distrito Federal grandes empresas de tecnologia que irão apresentar as soluções tecnológicas, bem como as últimas novidades do setor de irrigação que permitem o uso de eficientes sistemas. Conhecida como Feira Internacional dos Cerrados, o evento possibilita um amplo espaço de debates e diálogos, além de oportunidade de realização de negócios e intercâmbio de ideias.

Por meio da exposição de maquinários e equipamentos, os agricultores terão ao seu alcance tecnologias de irrigação como a aspersão, a microaspersão e o gotejamento.

“A AgroBrasília tem sua importância. Os números mostram que o evento hoje faz parte do grande cenário brasileiro e talvez até do grande cenário mundial, como um dos principais eventos de transferência de tecnologia e de negócios. A agricultura irrigada é representada por diversas empresas e por diversas pessoas que pensam o setor. Nós, do setor de irrigação, sempre fazemos questão de participar da AgroBrasília, seja com estande, seja por meio de uma participação mais integral, tentando ir todos os dias. É uma das formas de ficar mais próximo dos agricultores e das pessoas que estão trabalhando e pensando as tecnologias. É onde se faz o network e os primeiros contatos. Para a nossa área, talvez seja o evento mais importante do ano”, destaca o secretário-executivo.

 Serviço:

O que: AgroBrasília

Quando: 14 a 18 de maio de 2019 

  Onde:  Parque Ivaldo Cenci, PAD-DF, BR-251, Km 5, Brasília-DF

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura