NOTÍCIAS

Algodão pode ser prejudicado pela chuva no MT

Neste fim de semana, a passagem de uma frente fria pela Região Sudeste irá deixar o tempo bastante instável e com possibilidade de pancadas de chuva em diversas áreas do Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso. A chuva por um lado irá elevar os níveis de umidade do solo, garantindo melhores condições ao desenvolvimento das lavouras de inverno, como trigo, café e cana-de-açúcar. No entanto, a instabilidade também irá inviabilizar os trabalhos de colheita, principalmente do milho, café e da cana-de-açúcar, não chegando a afetar as lavouras.

Deve-se salientar que há fortes riscos de que ocorra pancadas de chuva pontuais sobre algumas localidades do Mato Grosso entre o sábado (04) e a terça-feira (07), uma vez que o deslocamento da frente fria pela Região Sudeste pode organizar áreas de instabilidade sobre o Centro-Oeste. As regiões com maior probabilidade de ocorrência de chuva são a Rondonópolis, da BR-163 e faixa oeste do estado.

As precipitações não serão nada bem-vindas nessas localidades, pois ainda há muito algodão no campo e com isso, chuva agora pode afetar a qualidade das fibras. Algo muito parecido com o que aconteceu em agosto de 2017, quando foram registrados dois bons episódios de instabilidade no Mato Grosso. Tudo isso, está diretamente relacionado ao aquecimento das águas do Pacífico central.

No Sul, o tempo segue mais firme com previsão apenas de possíveis pancadas de chuva isolada no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. O tempo seco nestes estados não irá afetar em nada o desenvolvimento das lavouras de inverno, uma vez que os solos ainda se mantém com níveis elevados de umidade. No entanto, no Paraná a previsão continuará sendo de instabilidades mais significativas e generalizadas.

Temperaturas pelas lavouras do Brasil 

As temperaturas continuarão em gradativa elevação ao longo deste final de semana. No entanto, já no começo da semana que vem, a presença de uma nova massa de ar polar sobre o Rio Grande do Sul poderá, novamente, levar ao declínio acentuado das temperaturas mínimas. Não há previsão de geadas como foram registradas nesta semana. No Sudeste, as temperaturas até irão sofrer um ligeiro declínio, porém, nada que possa trazer preocupação aos produtores.

Saiba mais aqui.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura