NOTÍCIAS

Alunos de Engenharia Mecânica desenvolvem projeto para facilitar o enfardamento do algodão

Nos últimos anos, o Brasil tem figurado entre os cinco maiores produtores de algodão do mundo, ao lado de países como China, Estados Unidos, Índia e Paquistão. Só no período de 2017/2018, a safra registrou recorde de 2,1 milhões de toneladas, número que deve chegar a 2,5 milhões de toneladas no ano-safra 2018/2019. As exportações ficarão em torno de 1,2 milhão de toneladas, tornando o Brasil o segundo maior exportador mundial, posição ocupada hoje no ranking pela Austrália.

De olho nesse mercado, que está em expansão, alunos formandos de Engenharia Mecânica do Centro Universitário FEI, referência no ensino de Engenharias, apresentaram em 7 de junho o Cotton Picker & Baler, um implemento agrícola que realiza o enfardamento de algodão ainda no campo, melhorando a logística envolvida no escoamento deste produto. Por permitir melhor aproveitamento do espaço disponível nos caminhões de transporte, a solução reduzirá os custos dos produtores de algodão nacionais.

Além desse implemento agrícola, os formandos desenvolveram outros projetos que são soluções e melhorias para o segmento. Confira:

  • Citrullus: Por meio de um sistema de captação, elevação e transporte de melancias, que pode ser acoplado em tratores, a solução permitirá maior aproveitamento das safras e agilizará a etapa de colheita da fruta. O projeto também conta com uma rampa para a deposição dos frutos na carreta de transporte e um instrumento capaz de cortar o caule das melancias conforme recomendações de colheita.
  • Hay Dryer: uma máquina que realiza total ou parcialmente a secagem do feno, agilizando o processo, aumentando a produção e livrando o terreno para nova safra.
  • Manioka: trata-se de um equipamento que atuará no processo de colheita da mandioca, evitando os riscos de saúde causados aos agricultores que costumam realizar esta tarefa manualmente.
  • Rice Field: consiste em um mecanismo que realize de forma mais eficaz e econômica o transplante da muda de arroz no Brasil. Essa prática favorece o sistema de plantio com sementes pré-germinadas e permite o controle mais eficiente de plantas daninhas.
ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura