NOTÍCIAS

American Vanguard adquire Defensive & Agrovant, grupo brasileiro de especialidades agrícolas

A American Vanguard Corporation anunciou a aquisição do grupo Defensive & Agrovant. Formado por duas empresas nacionais, criadas em 2000, o grupo representa uma plataforma bem estabelecida em expansão ao mercado brasileiro, ao ter se tornado um fornecedor em rápido crescimento de defensivos agrícolas e fertilizantes especiais, com vendas combinadas anuais de aproximadamente 20 milhões de dólares e foco principal nos segmentos de frutas e hortaliças. O valor da transação não foi divulgado.

Para Eric Wintemute, presidente e CEO da American Vanguard, a aquisição do Grupo Defensive & Agrovant expande o acesso da empresa ao setor agrícola brasileiro, que, estando em aproximadamente 9 bilhões de dólares, é o maior mercado de defensivos agrícolas do mundo. "Esta empresa do agronegócio, localizada em Jaboticabal, no Estado de São Paulo, é composta por 35 funcionários em tempo integral, além de um grupo de experientes vendedores técnicos. Sua administração tem sido muito bem-sucedida em gerar receitas significativas e aumento nos lucros, mantendo excelente controle de capital de giro, risco de crédito e saúde financeira", afirmou.

"Similar à nossa expansão na América Central, após a aquisição do Grupo AgriCenter, no final de 2017, essa transação oferece à American Vanguard uma plataforma sólida para comercializar produtos AMVAC, distribuir produtos de terceiros e fornecer suporte para a introdução do sistema inovador de plantio com prescrição SIMPAS na América do Sul. Além de ampliar ainda mais a forte posição do grupo Defensive & Agrovant em frutas e hortaliças, a American Vanguard continuará aumentando sua penetração no extenso mercado brasileiro de soja. Também esperamos um envolvimento maior nos segmentos de milho, algodão e cana-de-açúcar, bem como no mercado de fertilizantes especiais, de 2 bilhões de dólares com alta margem e rápido crescimento", acrescentou.

Ainda de acordo com Wintemute, a empresa ainda terá o benefício da continuação da liderança de John Redfern, atual CEO do Defensive & Agrovant, que permanecerá diretamente envolvido nos negócios existentes até 2021. "Ao combinar o portfólio existente com os produtos da AMVAC e de terceiros, juntamente com os seus equipamentos e os sistemas de aplicação da AMVAC, criamos um participante muito dinâmico no mercado agrícola brasileiro e que contribuirá significativamente para o crescimento geral dos negócios da American Vanguard International", finalizou.

Crescimento do Defensive & Agrovant

"O grupo Defensive & Agrovant vem apresentando um crescimento acima de 16% por ano em vendas nos últimos 5 anos, com foco principal nos mercados de frutas, café e horticultura. Em 2017, entramos no mercado de grãos no Brasil devido ao registro de importantes fungicidas protetores. Isso nos levou a um patamar que certamente será muito bem conduzido sob a liderança do Thomas Britze para o nosso futuro com sinergias com o grupo AMVAC. Tenho orgulho de compartilhar todo o nosso conhecimento, nossa equipe, nossos clientes, nossos fornecedores e nossos apoiadores e, certamente, com Eric Wintemute e sua equipe, faremos sucesso para o Grupo American Vanguard no Brasil", declarou John Redfern.

Novo CEO

Thomas Britze, presidente da AMVAC do Brasil e International Business Leader SIMPAS, será o novo CEO do grupo Defensive & Agrovant. Com mais de 30 anos de experiência no setor de defensivos agrícolas, desde 2006 vem liderando os negócios da Bayer CropScience, Helm e AMVAC no Brasil. "Estou muito animado com o novo desafio de continuar o legado do John Redfern e liderar a empresa na próxima fase com crescimento lucrativo, bem-sucedido e sustentável. Com seu apoio e dos times da Defensive & Agrovant e AMVAC global, levaremos a empresa a um novo patamar, dentre as melhores e mais reconhecidas empresas do agronegócio brasileiro nos próximos anos. Estou ansioso para trabalhar em estreita colaboração com nossos clientes, fornecedores e parceiros de negócios, fortalecendo nossas parcerias de longo prazo", afirmou.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura