NOTÍCIAS

Após dez anos de pesquisa, Adama lança o nematicida Nimitz

  • 12/03/2018 |
  • Ana Luiza Honma

Uma das mais impactantes pragas da agricultura brasileira, os nematoides são sinônimo de problema para os agricultores. Apesar de velha conhecida do produto brasileiro, a praga é responsável por perdas de até 80% nas lavouras e ainda representa prejuízos bilionários.

Atenta a esse problema presente em diversas culturas, a Adama acaba de obter registro para o novo nematicida Nimitz, que atuará em doze culturas: cana-de-açúcar, café, algodão, batata, cenoura, citros, goiaba, pimentão, tomate, pepino, soja e pimenta-do-reino.

Entre os seus diferenciais, o produto tem ação específica sobre os fitonematoides e, por consequência, possui um nível de ação extremamente baixo sobre outros organismos presentes no solo. A solução tem mostrado um patamar de controle para as principais espécies de nematoides do Brasil – Meloidogyne, Pratylenchus e Rotylenchulus. A baixa dose de uso, o perfil toxicológico mais brando que os nematicidas tradicionais e a facilidade de aplicação também são diferenciais do produto. "Os resultados de Nimitz são excelentes e aumentam consideravelmente a produtividade das lavouras, a qualidade da produção e, consequentemente, a rentabilidade do produtor", diz Gerson Dalla Corte, gerente de Produtos da Adama.

"O grande diferencial de Nimitz é que ele pertence a um novo grupo químico e tem uma formulação exclusiva desenvolvida pela Adama. Nosso produto apresenta resultados excelentes para a produtividade dos agricultores, além de trazer maior longevidade para as lavouras perenes", explica Corte.

ver mais notícias