NOTÍCIAS

Arysta LifeScience assina compromisso de Proteção da Biodiversidade e Respeito às Abelhas

  • 23/10/2017 |
  • Monique Oliveira

A Arysta LifeScience é signatária do Compromisso 2020,  com um plano de metas até o ano de 2020 elaborado pelo projeto Colmeia Viva, iniciativa do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), que estimula a valorização da proteção racional dos cultivos, serviço de polinização realizado pelas abelhas, proteção da biodiversidade e respeito à apicultura. Yuji Hamada, diretor financeiro da Arysta, destaca que a empresa sempre esteve envolvida em questões ambientais e de sustentabilidade, e a iniciativa do Colmeia Viva tem o aval da organização por estar focada na problemática das abelhas, tema que traz muita preocupação e cuja solução exige a união de forças dos vários agentes da cadeia da produção e alimentos, com muito comprometimento e responsabilidade. “Participamos dessa ação porque ela busca o engajamento e o alinhamento da indústria de defensivos agrícolassegmento que tem um papel fundamental a desempenhar na proteção das abelhas. A Arysta tem grande identificação com a missão do projeto Colmeia Viva e realiza há 10 anos o programa Aplique Bem, que já treinou mais de 60 mil agricultores em todo Brasil sobre a importância da aplicação correta e responsável de defensivos agrícolas”, ressalta Hamada.

O Compromisso 2020 é mais um passo do Manifesto lançado pelo setor de defensivos agrícolas em 2015, rumo ao cumprimento do propósito de promover o uso correto de defensivos agrícolas na agricultura brasileira para proteger os cultivos e contribuir no direito básico de alimentação das pessoas, respeitando a apicultura, protegendo as abelhas e o meio ambiente.

Para alcançar esse objetivo, o Compromisso estabelece 5 bandeiras de prioridades, que balizam sua conduta, legitimam suas intenções e, agora, seguem acompanhadas de metas até 2020: Bandeira 1. Relação mais produtiva entre Agricultura e Apicultura; Bandeira 2. A Abelha no âmbito da agricultura, do defensivo agrícola e da biodiversidade; Bandeira 3. Complementaridade entre os defensivos agrícolas e a polinização realizada pelas abelhas; Bandeira 4. Conscientização da cadeia de distribuição sobre a importância da integração Agricultura-Apicultura e Bandeira 05. Transparência e proatividade na relação com o Governo em prol do uso correto de defensivos agrícolas e de proteção das abelhas.

“Pretendemos contribuir de forma muito positiva para que todos os objetivos sejam alcançados. Teremos papel ativo nessas discussões e participamos de forma efetiva dessa ação tão importante para agricultura e o meio ambiente”, enfatiza Yuji Hamada.

ver mais notícias