NOTÍCIAS

Arysta LifeScience auxilia o principal produtor de tomates do país a conquistar certificação Global GAP de boas práticas agrícolas

  • 06/09/2018 |
  • Monique Oliveira

A Arysta LifeScience, empresa global de soluções de Proteção de Cultivos e Melhoria da Produtividade, assessorou a Trebeschi Tomates, principal produtora de tomates do Brasil, nos processos de adequação de suas propriedades para conquistar a mais importante certificação internacional de Boas Práticas Agrícolas: a Good Agricultural Practices (Global GAP).

“A Arysta estruturou o projeto da Trebeschi em detalhes, considerando todos os elos da cadeia de produção, chegando ao consumir final. A proposta é oferecer alimentos mais seguros e saudáveis, com menos resíduos e valor acessível ao mercado”, explica Marcelo Zanchi, diretor de Marketing Brasil da Arysta LifeScience, destacando que este é um dos protocolos mais respeitados do mundo. A conquista da certificação Global GAP para a Trebeschi Tomates teve a contribuição da PariPassu, especializada em rastreabilidade dos alimentos, e o consultor técnico Hélio Nishimura, especialista em FLV.

O produtor Edson Trebeschi, proprietário da Trebeschi Tomates explica que a adequação da produção possibilitou uma série de melhorias, como a redução de cerca de 30% na aplicação de agroquímicos na plantação, a partir do Manejo Integrado de Pragas (MIP) e uso de insumos biológicos. “A  Arysta LifeScience tem o programa Pronutiva®, pacote de soluções que reúne proteção de cultivos e Biossoluções, que promove a saúde vegetal do cultivo. A aplicação desse programa me fez chegar onde eu tanto almejava: produzir com mais sustentabilidade, com menos resíduos e melhor qualidade de alimentos, proporcionando a segurança alimentar que os consumidores merecem”, ressalta Edson Trebeschi.

A certificação Global GAP surgiu há 20 anos para que os supermercados e redes de varejo europeus tivessem um protocolo uniforme para a compra de produtos dentro e fora do continente, seguindo requisitos sociais de segurança alimentar e proteção ambiental. Hoje, esse protocolo existe em mais de 160 países, especialmente nas propriedades agrícolas que trabalham a questão ambiental, social e de gerenciamento de resíduos, com o objetivo de demonstrar o compromisso com a segurança alimentar e a sustentabilidade do planeta. “Recebemos a certificação recentemente e somos muito gratos à Arysta, que teve a iniciativa de nos apoiar desde o início do processo, fornecendo a consultoria adequada em todas as etapas para a conquista deste importante certificado internacional. Com esse apoio, tivemos mais segurança e confiança para começar as adaptações nas propriedades”, conta Edson Trebeschi, presidente da Trebeschi Tomates.

O diretor de marketing da Arysta Brasil, Marcelo Zanchi, explica que o apoio à certificação Global GAP de produtores rurais teve início há dois anos. O primeiro caso de sucesso foi com o Grupo Hasegawa, um dos maiores produtores de hortaliças do Brasil – A Hasegawa foi a primeira empresa de hortaliças folhosas a conquistar esta certificação internacional. “O próximo passo é expandir este projeto de apoio à certificação para outras culturas, como batata, banana e laranja’’, destaca Zanchi.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura