NOTÍCIAS

Atenção à poda da videira é a recomendação do Boletim Agrometeorológico da Serra Gaúcha

A previsão é de uma excelente brotação em função do prognóstico de frio. - Foto: Viviane Zanella

Se o frio e as chuvas seguirem a previsão, os produtores terão que dar uma atenção extra na hora de realizar a poda, pois o frio já acumulado e o que ainda está por vir, até o final do inverno, irão possivelmente garantir uma excelente brotação. Por isso, será necessário equilibrar a capacidade de produção e o vigor das plantas, segundo orientação divulgada por pesquisadores da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR) e da Embrapa Uva e Vinho na edição de julho do Boletim Agrometeorológico da Serra Gaúcha.

Recomendações de como fazer a poda e garantir uma produção são detalhadas no Boletim pelo pesquisador Henrique Pessoa dos Santos, da Embrapa Uva e Vinho. Ele orienta que a poda é uma prática de manejo importante e que a escolha, a posição e o número de gemas férteis a serem mantidas permitem atingir uma frutificação e produção de qualidade, sem comprometer a vida útil da videira. A poda também irá auxiliar, de modo indireto, nos tratos culturais, ao restringir o vigor e possibilitar uma maior abertura do dossel vegetativo, garantindo maior incidência de radiação solar, aeração e eficiência dos tratamentos fitossanitários.

Para Amanda Junges, pesquisadora da SEAPDR e uma das autoras da publicação, o prognóstico de ocorrência de temperaturas do ar e chuvas ligeiramente acima da média, especialmente em setembro, exigem atenção quanto ao manejo fitossanitário. As orientações nessa área foram feitas pelo pesquisador da Embrapa Uva e Vinho, Lucas Garrido, que reforça que, na poda, deve haver proteção dos cortes (ferimentos) para reduzir o avanço de podridões.

“Durante o período de dormência, muitos fungos fitopatogênicos sobrevivem nos restos culturais e na própria planta, podendo causar doenças na safra seguinte”, alerta Garrido. Estas e demais recomendações sobre o manejo dos vinhedos podem ser obtidas no Boletim Agrometeorológico da Serra Gaúcha Edição Julho 2021, que está disponível gratuitamente na página das duas instituições.

Sobre a publicação

Divulgado desde agosto de 2020, o Boletim Agrometeorológico da Serra Gaúcha é uma parceria entre Embrapa Uva e Vinho e a SEAPDR. A edição de julho de 2021 tem como autores Amanda Heemann Junges e Rafael Anzanello, do DDPA-SEAPDR, e Henrique Pessoa dos Santos e Lucas da Ressurreição Garrido, da Embrapa Uva e Vinho .

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura