NOTÍCIAS

Atentos ao clima e ao mercado, produtores de arroz iniciam safra

Escolha e flexibilidade do material genético pode ser determinante para o sucesso do planejamento.

Muitos produtores já definiram suas estratégias para a safra que se aproxima e agora estão voltados para os preparos de solo e trabalhos de semeadura. Não é por acaso, que o planejamento e a execução das atividades são etapas decisivas para o sucesso da atividade rural, e neste momento mais uma vez, chegou a hora de colocar em prática tudo que foi programado para os próximos meses.

Frente a um cenário de algumas incertezas comerciais e de uma projeção de redução na área destinada ao plantio do cereal, é importante que o produtor esteja muito bem planejado para ser o mais efetivo possível. Segundo os especialistas do setor, um dos componentes relevantes neste processo de planejamento da lavoura é a definição dos materiais genéticos a serem semeados. Neste sentido, além de obter sementes certificadas com alta qualidade, é necessário verificar às características agronômicas das cultivares, ajustando a sequência de plantio de acordo com o ciclo dos materiais.

No âmbito climático, o engenheiro agrônomo da RiceTec Sementes, Marlon Scursone, destaca que os produtores que utilizam híbridos com ciclo precoce conseguem otimizar melhor a janela de semeadura. “O ciclo mais curto pode ser semeado um pouco mais tarde, porém respeitando a janela ideal, e ainda atingir excelentes resultados. Além disso, as cultivares híbridas são facilmente adaptadas a zonas temperadas e subtropicais com tolerância à brusone e manchas foliares”, afirma Scursone.

Para esta safra, a RiceTec, empresa global especializada em pesquisa e comercialização de sementes de arroz de alta tecnologia, trouxe para os mercados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina seus híbridos XP113 Fullpage e Inov Fullpage, aliando ciclo precoce, produtividade e qualidade de grãos.

A tecnologia representa uma nova geração de sementes com melhor tolerância a herbicidas do grupo químico das Imidazolinonas (IMI) para semente de arroz, conforme explica o engenheiro agrônomo e diretor de marketing da RiceTec Inc, Leandro Pasqualli.

 “Os híbridos FullPage mostram uma melhora acentuada na tolerância aos herbicidas IMI. Isso melhorou a resposta da cultura durante condições estressantes de crescimento, garantindo a expressão de seu potencial genético. Esta característica confere ao produtor o benefício de uma maior flexibilização da aplicação dos herbicidas bem como do início da irrigação da lavoura”.

A nova solução para o cultivo de arroz, a FullPage Rice Cropping Solution, é resultado de uma parceria entre a RiceTec Sementes e a ADAMA Agricultural Solutions, uma das principais empresas em soluções agrícolas para a proteção de cultivos, 

Com o objetivo de criar alternativas para o produtor, as duas empresas, que tem acordo firmado de colaboração para soluções de controle de plantas daninhas, prometem mais novidades para o mercado orizícola com o lançamento de uma outra tecnologia com foco na sustentabilidade econômica da lavoura. A tecnologia, chamada de Max-Ace, pretende atender plenamente as necessidades do produtor desde o controle de plantas daninhas até o resultado na produtividade e qualidade de grãos.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura