NOTÍCIAS

​BASF promove Dia de Campo sobre o Sistema AgMusa

  • 09/02/2017 |
  • Manoela Machada

A BASF promove hoje o primeiro Dia de Campo de 2017 sobre o AgMusa, sistema de formação de viveiros de mudas e canaviais sadios. O encontro ocorre na Fazenda Belo Horizonte no município de Jaboticabal, interior de São Paulo e deve reunir mais de 100 participantes, entre fornecedores de cana, usinas, cooperativas e técnicos da BASF.

Na ocasião, os participantes conhecerão novos resultados da utilização de AgMusa com Meiosi, método que proporciona a rotação de cultivos na área ao integrar as culturas de soja ou amendoim.

“O AgMusa, se utilizado em Meiosi, aumenta a longevidade e a produtividade dos canaviais, contribuindo para a garantia da sanidade das plantas em relação às pragas e doenças. O sistema também traz um aumento de rentabilidade ao produtor, pois permite ganhos adicionais com o cultivo intercalar e benefícios técnicos referentes ao manejo do solo”, afirma Cristiano Peraceli, gerente de Marketing de cana-de-açúcar da BASF.

Ismael Perina, da Fazenda Belo Horizonte, foi um dos primeiros produtores a utilizar o Sistema AgMusa e mostrará in loco as diferenças entre um viveiro formado com mudas sadias de alto potencial genético (AgMusa) e um viveiro composto por mudas produzidas no sistema convencional. Os técnicos da BASF também abordarão as vantagens em produtividade e os custos na recuperação de falhas no canavial utilizando AgMusa.

“Dias de Campo são uma importante ferramenta para identificar as necessidades do produtor rural através da troca de experiências e informações. A BASF sabe o papel que exerce no desenvolvimento do setor sucroenergético e por isso oferece tecnologias inovadoras que contribuem para a sustentabilidade da produção de cana-de-açúcar”, complementa Peraceli.

ver mais notícias