NOTÍCIAS

Basf Soluções para Agricultura aumenta presença no Brasil com a aquisição de negócios

  • 09/08/2018 |
  • Roberta Silveira

A aquisição reforça o compromisso de longo prazo da Basf com a sustentabilidade da agricultura brasileira e marca a entrada efetiva da empresa no mercado de sementes. A negociação foi concluída em 01 de agosto e a integração com os negócios adquiridos já começou.

A empresa passa a comercializar sementes FiberMax, assumindo a liderança no mercado de algodão nacional e dará continuidade à pesquisa e desenvolvimento de novas variedades para o cultivo. A semente de soja Credenz é outra novidade e complementa o portfólio de soluções para a oleaginosa. A Basf se fortalece neste segmento e investirá no desenvolvimento de novas variedades que estarão disponíveis no mercado nos próximos anos. 

“Estamos entusiasmados com esta importante aquisição que tem como foco as Américas. Fortaleceremos ainda mais o nosso portfólio de soluções com o desenvolvimento de novos germoplasmas e traits. A entrada no negócio de sementes permite atender os agricultores de maneira completa e integrada, pensando no gerenciamento do sistema produtivo, o que vai aproximar ainda mais a Basf dos clientes”, comenta Eduardo Leduc, vice-presidente sênior da Divisão de Soluções para Agricultura da Basf para América Latina.

Marcas consolidadas no mercado passam a fazer parte do portfólio da Basf. Liberty e Finale são herbicidas não seletivos baseados em glufosinato de amônio. Produtos químicos e biológicos para tratamento de sementes também são acrescentados ao negócio sob as marcas Poncho e VOTiVO.

A equipe da Basf cresce em quantidade e qualidade. Mais de 300 colaboradores experientes juntam-se à equipe de Soluções para Agricultura no Brasil. Parte destes atuando nas 15 unidades de pesquisa, desenvolvimento e multiplicação que são incorporadas à estrutura da empresa.

Goiás é o estado com mais sites, centros de pesquisa, desenvolvimento e multiplicação adquiridos pela Basf. Ao todo são cinco unidades. As demais estão em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Tocantins, Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Norte.

“O mercado brasileiro deve suprir 40% da demanda adicional de alimentos nas próximas décadas, impactado pela urbanização de países como a Índia e a China. A Basf entende o protagonismo do Brasil no mercado mundial, por isso conclui esta aquisição e continua investindo em pesquisa e desenvolvimento de novas soluções que ofereçam ao agricultor mais eficiência e longevidade da sua produção”, finaliza Eduardo Leduc.

Processo de aquisição dos negócios e ativos da Bayer

A BASF assinou acordos em outubro de 2017 e abril de 2018 para adquirir os negócios e ativos que a Bayer colocou à venda no contexto da aquisição da Monsanto, por um valor monetário de € 7,6 bilhões, sujeito a ajustes no momento do fechamento. Os acordos incluem o negócio global de glufosinato de amônio da Bayer; os negócios de sementes incluindo traits, capacidade de pesquisa e melhoramento, além de marcas registradas para importantes cultivos em importantes mercados; o negócio de sementes de hortaliças; a plataforma de P&D para o trigo híbrido; diversos produtos para tratamento de sementes; herbicidas à base de glifosato na Europa, usados principalmente para aplicações industriais; a plataforma completa de agricultura digital xarvio™; bem como projetos de pesquisa de herbicidas não seletivos e nematicidas. Estas transações foram concluídas com sucesso, à exceção do negócio de sementes de hortaliças, cujo fechamento está previsto para meados de agosto de 2018.

 

ver mais notícias