NOTÍCIAS

Bayer inaugura estação de pesquisa para sementes de hortaliças e vegetais em Uberlândia (MG)

Esta é a mais completa estação de pesquisa voltada ao setor de hortifrúti da empresa em toda a região, onde serão desenvolvidas novas variedades de tomates, melancias, folhosas, entre outros.

Segundo a companhia, além de apresentar a infraestrutura necessária para as operações, a cidade mineira possui condições climáticas adequadas para o cultivo e melhoramento de hortaliças durante todo o ano. A oferta de especialistas locais qualificados para a agricultura também colaborou para o crescimento da empresa e da região. Além disso, Uberlândia conta com uma importante comunidade acadêmica e acesso facilitado por aeroporto e rodovias.

Ailton Ribeiro, diretor de Pesquisa da unidade de Sementes de Hortaliças e Vegetais da Bayer para a América Latina, diz que a inauguração é um marco importante para divulgar todo o trabalho e investimento que a empresa tem feito no setor. “Com isso reforçamos nosso objetivo de liderança no segmento de sementes de hortaliças no Brasil, nos dedicando cada vez mais ao desenvolvimento de genética inovadora e serviços especializados para o setor. Temos o foco regional, mas o desenvolvimento de cultivares pode também atender outros países do mundo com a nossa tecnologia”, reforça o executivo.

Desde 2011, a Bayer já conta com campos experimentais na cidade, onde inclusive foram desenvolvidas as variedades de tomate Totalle e Arendell, já disponíveis no mercado brasileiro. Com o investimento, a nova estrutura oferece uma estação de pesquisa completa e moderna, com 410 mil m² entre área construída e campos experimentais. São mais de 80 colaboradores trabalhando na estação e, em sua maioria, residentes da região, a multinacional acredita que a nova unidade beneficiará não só os produtores locais, mas toda a cadeia envolvida com a produção e comércio desses alimentos.

O escopo de pesquisa e desenvolvimento abrange programas de melhoramento genético de tomates, cebola, melancia, cenoura e melão e área de fitopatologia como suporte. O foco da unidade é conduzir pesquisas para avaliação e desenvolvimento de novos híbridos destinados às principais regiões produtoras do Brasil e Cone Sul, podendo atender a todos os países do mundo.

“Serão beneficiados os produtores do Brasil e América Latina com sementes adaptadas e resistentes às suas regiões, distribuidores e parceiros comerciais e, claro, os consumidores, pois terão opções de alimentos mais saudáveis e saborosos. Além de contarmos com profissionais locais, o que colabora para a economia de Uberlândia”, finaliza Ribeiro.

Sobre a Unidade de Sementes de Hortaliças e Vegetais da Bayer
Com mais de 2.100 funcionários distribuídos em 45 países, a unidade de sementes de hortaliças e vegetais da Bayer conta com 26 estações e dois centros de pesquisa no mundo. A América Latina possui 12% de representatividade do mercado global da unidade trabalhando com 1.200 produtos híbridos de 24 cultivos de hortaliças e vegetais – melão, tomate, pimentão, pimenta, pepino, melancia, abóbora, quiabo, cebola, cenoura, espinafre, alface, aspargo, alcachofra, repolho, alho poró, aipo, ervilha, fava, pepino para picles, entre outros - a unidade é mundialmente renomada no segmento de sementes híbridas.

Por meio de profissionais especializados em reunir os recursos globais da empresa em benefício dos agricultores, a empresa oferece produtos resistentes contra pragas e doenças, alta produtividade, uniformidade e tecnologia em cada semente resultando em alimentos com valor nutricional, sabor, aroma e aparência atraentes. Os programas globais da empresa de melhoramento genético buscam criar produtos inovadores utilizando tecnologias de ponta como biologia celular, marcador molecular e seleção assistida.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura