NOTÍCIAS

Bayer leva portfólio integrado para Goiás durante a Tecnoshow Comigo

A soja do Cerrado já está praticamente toda colhida.

De acordo com a consultoria AgRural, mais de 67% da área cultivada com soja na safra 2018/2019 foi colhida e o estado de Goiás já teve mais de 90% de sua área avançada. Além do índice relevante no andamento da colheita, o Estado faz parte dos quatro principais territórios produtores de soja no Brasil. Para apoiar o produtor goiano no planejamento da próxima safra, a Bayer apresentará todo o seu portfólio integrado de sementes e biotecnologias, proteção de cultivos e serviços e ferramentas digitais, em Rio Verde (GO), durante a Tecnoshow Comigo 2019, de 08 a 12 de abril.

De acordo com o Consultor de Desenvolvimento de Mercado da Bayer, Renato Neves, a feira serve de termômetro para a próxima safra. "Trata-se de uma semana importante em nosso calendário, pois podemos perceber o mercado para negociações com produtores. Além disso, agricultores idealizam metas para a safra seguinte de acordo com o que é conversado durante a Tecnoshow Comigo".

Por isso, durante as atividades da feira, a Bayer apresentará a tecnologia agregada ao fungicida Fox Xpro para o tratamento de doenças da soja, por meio de uma experiência 360º, em áudio e vídeo, em um domo com projeções imersivas. Durante a experiência, o visitante conhecerá mais sobre como a tecnologia para o desenvolvimento do produto e o novo ingrediente ativo bixafen atua em prol da sustentabilidade da lavoura.

Também no estande da Bayer, a Climate, braço de agricultura digital da empresa, apresentará os benefícios da plataforma Climate FieldView, que coleta e processa automaticamente dados de campo de forma simples e integrada, gerando mapas e relatórios em tempo real – tudo acessível por celular, tablet ou computador.

Para que o produtor veja como funciona na prática, a Climate preparou uma estrutura de projeção mapeada, que por meio de uma maquete em 3D de uma fazenda, mostra casos reais de uso. Outra forma de contato com a ferramenta será em uma mesa interativa, onde será possível ver como ela auxilia o agricultor, gerando relatórios e provendo informações em diferentes momentos da safra – plantio, pulverização e colheita.

Segundo o líder da Climate para a América do Sul, Mateus Barros, a Climate FieldView chegou ao Brasil para ajudar os agricultores a visualizar e analisar as informações que são geradas nas operações agrícolas e depois tomar decisões operacionais essenciais durante a safra. "O agricultor toma diversas decisões durante a safra que podem impactar seu resultado ao fim do ciclo. Com a plataforma Climate FieldView, nós o ajudamos a tomar essas decisões e a corrigir problemas que podem afetar um ano inteiro de planejamento", afirma Barros.

FIDELIDADE NO CAMPO

A plataforma do programa de pontos da Rede AgroServices oferece uma gama de serviços para facilitar o trabalho no campo. Dentro da realidade goiana, é possível identificar produtores de todos os tamanhos, até mesmo porque é simples acumular (todos acumulam um ponto por real em compras). Outra facilidade é que a plataforma permite que eles transfiram pontos entre si para efetuar resgates coletivos, e este é mais um benefício para todos os agricultores.

HOTEL DE ABELHAS

Ao longo dos cinco dias da Tecnoshow Comigo, hotéis de abelhas estarão expostos com o objetivo de informar aos presentes a funcionalidade dessas estruturas alocadas no entorno das lavouras, cuja finalidade é preservar as espécies de abelhas brasileiras. Os insetos polinizadores são responsáveis pela produção de muitas plantas que impactam diretamente na produção de alimentos. A maioria das espécies de abelhas tem hábito solitário, pois procuram ou escavam pequenos espaços em estruturas naturais para fazerem os ninhos. Esses hotéis são espaços ideais para que possam fazer de morada. Um dos espaços estará no estande da Bayer.

Hotéis de abelhas são alternativas para esses polinizadores se abrigarem no entorno das lavouras


ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura