NOTÍCIAS

Bayer promove evento para mulheres do agro

Durante o evento as mulheres visitaram a Unidade de Beneficiamento de Sementes Bayer.

Dados publicados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2018, mostram que a cada dez chefes de fazenda, somente dois são do sexo feminino. Nos últimos 11 anos o número aumentou de 12,68%, em 2006, para 18,64% em 2017. Apesar de pouco, o aumento das mulheres em cargos de liderança no agro é relevante e importante em um mercado dominado pelos homens. Se somadas as mulheres que administram as propriedades junto com maridos, totalizam 34,75% de dirigente do sexo feminino no agronegócio, ou 1,7 milhão de mulheres.

"Essas mulheres têm necessidades, preocupações e desafios diferentes dos homens e nosso papel é trazer conhecimento, tecnologia e experiências com foco em ampliar a voz e o empoderamento dessas mulheres no agronegócio. Com eventos como esse conseguimos trazer mais diversidade não só de gênero, mas também de pensamentos e histórias de vida que vão contribuir para construirmos o que a gente imagina que vai ser a agricultura do futuro", diz a Gerente Regional de Dekalb, Marina Castro.

Para auxiliar essas mulheres a enfrentar os desafios do mercado, entender melhor as novas tecnologias e como elas podem agregar no dia a dia das produtoras a Bayer, por meio da sua marca de milho Dekalb, reuniu 60 dessas mulheres para o "Dekalb e as Protagonistas do Campo". Durante o evento as mulheres visitaram a Unidade de Beneficiamento de Sementes Bayer, fizeram um tour técnico no Learning Center da Bayer, um ciclo de palestras que incluiu temas como sucessão familiar e os efeitos da guerra comercial entre China e Estados Unidos no agro brasileiro. O encontro terminou com uma dinâmica que evidenciou os principais desafios e expectativas dessas mulheres para o futuro do agro.

"Eventos como este são muito importantes para nós, produtoras mulheres, porque além de ter oportunidade de conhecer os centros de treinamento da Bayer e ter contato com as tecnologias, tivemos palestras que agregaram muito conhecimento profissional e pessoal. Além disso, é uma boa oportunidade para trocarmos experiências e convivermos um pouco mais com outras mulheres do agro, que ainda são minoria", diz a produtora de Cascavel, no Paraná, Paula Galletto.

"Eventos como este são muito bons para capacitar ainda mais as mulheres do campo, principalmente mulheres como eu que fiquei viúva e comecei a trabalhar sozinha. Se tivessem esses tipos de eventos eu me sairia melhor do que eu saí na época, porque esses encontros ajudam muito mulheres que passaram pela minha situação a conseguirem levar o trabalho no campo igual ou melhor do que os homens", diz produtora de Sertaneja, no Paraná, Amelia Furuie.

Este é o primeiro evento deste tipo no Brasil, mas o segundo de Dekalb voltado só para mulheres. Em 2018 a empresa levou 38 produtoras brasileiras para os Estados Unidos para conhecer os laboratórios de desenvolvimento de sementes da Bayer, aulas técnicas e visitas às fazendas de clientes na região americana chamada de Corn Belt, especializada no cultivo de milho.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura