NOTÍCIAS

Bayer, RTRS e AAPRESID incentivam produção sustentável de soja

A primeira fase da Bayer, RTRS e AAPRESID iniciativa de Treinamento de Certificação para Rede de concessionários exclusivos chegou ao fim com sucesso. Consistiu em várias reuniões que atingiram mais de 80 produtores argentinos de Buenos Aires, Santa Fé, Córdoba e Tucumán, representando mais de 350.000 hectares de campos de soja.

A Bayer está comprometida em promover ainda mais a sustentabilidade na agricultura e lançou esta iniciativa para mobilizar distribuidores e produtores para certificar sua produção de soja sob os padrões de Produção Responsável da RTRS (Round Table on Responsible Soy) e ASC (Certified Sustainable Agriculture) da AAPRESID ( Associação Argentina de Semeadores).

Durante as reuniões, representantes da Bayer, juntamente com a AAPRESID e RTRS, falaram sobre a importância e o impacto da adoção de protocolos de sustentabilidade e incentivaram produtores argentinos a implementar práticas de produção sustentáveis que permitissem produzir soja com responsabilidade social e ambiental certificada.
Os padrões de certificação RTRS e ASC têm objetivos compartilhados e são complementares. Isso faz com que a dupla certificação RTRS / ASC, disponível desde 2013, seja uma vantagem competitiva para os produtores argentinos, pois permite a melhoria contínua do gerenciamento de processos, transparência e rastreabilidade da soja produzida de forma sustentável.

“Com a dupla certificação RTRS e ASC, trabalhamos em aspectos sociais, ambientais e produtivos, com o apoio de um organismo internacional de certificação que concede as duas certificações. Ao certificar, é coletada uma quantidade maior de informações, o que nos permite planejar melhorias, antecipar problemas e adotar medidas preventivas ”, destacaram Marcelo Ruda Vega e Santos Zuberbuhler, da empresa agropecuária Nogalnotte, sobre sua experiência em certificação, em reunião no Santa Província de Fe. A Nogalnotte é uma empresa argentina que produz e certifica mais de mil hectares sob os esquemas RTRS e ASC na província de Córdoba.

“Essas reuniões lideradas pela Bayer, juntamente com as duas certificações, podem ser o pontapé inicial de uma mudança de paradigma que levará cada vez mais produtores à certificação e nos ajudará a alcançar maior transparência e rastreabilidade e a melhorar sua performance”, destacaram os representantes da Nogalnotte.

A segunda fase desta iniciativa continuará em 2019 para promover de forma colaborativa práticas agrícolas sustentáveis e auxiliar os produtores ao longo do processo de implementação. A Bayer e a RTRS possuem uma parceria estratégica e, desde 2015, trabalham juntas para certificar os produtores brasileiros de acordo com os padrões da RTRS. “A colaboração é crucial para agregar valor aos agricultores e consumidores e para proteger o ambiente. Estamos felizes em trabalhar em conjunto com parceiros de destaque como a RTRS e a AAPRESID ”, afirma o Gerente Sênior de Desenvolvimento Sustentável da Bayer, Stefan Heinke.

O comunicado em inglês aqui.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura