NOTÍCIAS

BB Seguros lança seguro faturamento para milho safrinha

Modalidade restitui entre 65 a 80% do faturamento esperado em situações de redução de produtividade e/ou redução do preço da commodity.

A Brasilseg, empresa da BB Seguros, está estendendo a atuação do produto BB Seguro Agrícola nesta safra 18/19 para a cultura do milho safrinha. Lançado inicialmente em 2011 para soja, milho primeira safra e café, o produto garante restituição de 65% a 80% do faturamento esperado, comprometidos por eventos da natureza ou queda de preços da safra.

Segundo, Paulo Hora, superintendente de seguros rurais da Brasilseg, em estados como Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, os contratos de seguro contratados na modalidade faturamento para soja já representam mais de 65% de todos os seguros agrícolas da empresa. “O seguro para soja foi criado a partir das demandas do setor produtivo, principalmente pela exposição que o agricultor tem, não só ao risco climático sobre a produção, mas a variação do câmbio e do preço das commodities. Essas são variáveis que ele não controlara e, somadas, afetam significativamente seu faturamento. Agora, para o milho segunda safra, também estamos inovando e trazendo maior proteção, com foco no faturamento do produtor para essa cultura tão importante no conjunto grãos no Brasil”, explica.

O milho é uma das principais culturas do país e a sua produção está dividida em duas etapas: a primeira safra, ou de verão e a segunda safra, também conhecida como safrinha. O plantio da safra de verão acontece de agosto a dezembro com a colheita prevista para os meses de novembro a março. Já na safrinha, o plantio é realizado após a colheita da soja, no período de janeiro a março e colhido entre abril e junho. Nessa época há riscos de quebra devido à seca e geadas, que podem afetar a produtividade da lavoura.

Segundo o executivo, no último ciclo agrícola a segunda safra de milho produziu aproximadamente 73 milhões de toneladas, já consolidada como a principal safra da cultura. Porém, apesar dos avanços tecnológicos, a produção de milho safrinha ainda possui riscos por sua fisiologia e épocas de plantio com alta exposição aos fatores climáticos e de mercado. “O produto vem em boa hora para que o produtor possa entrar na safra de inverno com seu faturamento garantido por uma apólice de seguro”, complementa Paulo Hora.

Criado, principalmente, para os pequenos e médios produtores, que precisam de uma ferramenta de mitigação de risco, o produto oferece ao agricultor a oportunidade de segurar sua produção garantindo sua receita, com custo reduzido, por meio do programa de subvenção ao Prêmio do Seguro Rural (PSR), auxílio financeiro do governo federal, conforme a disponibilidade de recursos. Clientes do Banco do Brasil podem procurar sua agencia de relacionamento para obter mais informações sobre o produto.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura