NOTÍCIAS

Chuvas no final de setembro favorecem floradas nos cafezais

Quanto ao robusta, o clima também favoreceu as lavouras do Espírito Santo. – Foto: Tony Oliveira/CNA

Chuvas ocorridas no final de setembro em boa parte das regiões de café arábica aliviaram produtores consultados pelo Cepea, visto que devem favorecer a abertura de novas floradas e também o pegamento das flores que já se abriram. As precipitações foram volumosas especialmente na Mogiana (SP) e no Sul e Cerrado Mineiros.

Com a expectativa da abertura de novas floradas nos cafezais de arábica, o setor deve seguir acompanhando o clima no País, uma vez que a continuidade das chuvas será essencial para o pegamento das flores e para o desenvolvimento dos chumbinhos da safra 2020/21. Quanto ao robusta, o clima também favoreceu as lavouras do Espírito Santo. As estações de São Mateus e de Linhares registraram chuvas de, respectivamente, 23,4 mm e 15,8 mm entre 23 e 30 de setembro, segundo o Inmet. As precipitações, apesar de não tão volumosas, aliviaram produtores.

Em relação ao mercado da semana, está calmo, devido à forte retração vendedora. Nessa terça-feira, 1º de outubro, o Indicador CEPEA/ESALQ do café tipo 6 bebida dura para melhor, posto na capital paulista, fechou a R$ 439,25/saca de 60 kg, elevação de 1,4% em relação à terça anterior, 24 de setembro. O Indicador CEPEA/ESALQ do tipo 6 peneira 13 do robusta subiu 2,2%, a R$ 298,17/sc de 60 kg, na mesma comparação.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura