NOTÍCIAS

Ciclo final de frutas merece atenção e manejo nutricional adequado

A fase de finalização da uva também merece cuidados especiais com o manejo nutricional.

O ciclo final da produção das frutas requer muita atenção por parte dos produtores, especialmente aos que cultivam melão e uva, que são variedades exportadas em larga escala pelo Brasil. Isso porque é o período que estas culturas demandam mais nutrientes para ganhar cor, sabor e qualidade de frutos, principalmente porque vão para o mercado externo, e que é bastante exigente com relação a essas características.

Para o melão

O plantio de melão no Brasil está concentrado no Rio Grande do Norte e Ceará, é altamente tecnificado e a maior parte das frutas são produzidas seguindo normas europeias, já que esse é o principal mercado. Hoje, a região tem uma área média de 20 mil hectares com a cultura. Nele, é de fundamental importância o manejo nutricional no final do ciclo de produção, para assim poder ter uma boa qualidade e produtividade, pois é nessa fase que se define o tamanho e características do fruto (brix, firmeza e flavor), de acordo com exigência do mercado.

Conforme explica o e RTV da Ubyfol, multinacional que desenvolve produtos especiais, com macro e micronutrientes, Allyson Moura Lima, no cultivo desta fruta a fase final se inicia dos 45 aos 65 dias, quando normalmente é colhida. Ainda de acordo com ele, neste período os nutrientes de maior demanda são Potássio (K), Magnésio (Mg), Boro (B), Ferro (Fe) e Cálcio (Ca). Estes, usados nas doses adequadas permitem a planta ter um equilíbrio entre desenvolvimento de frutos e carregamento de carboidratos, consequentemente um bom tempo de prateleira, um excelente Brix, boa firmeza de polpa, um bom tamanho e uma excelente qualidade final.

A Ubyfol disponibiliza aos produtores uma solução para realizar a suplementação nutricional, tão importante nesta fase, o Peso+. “É importante suplementar a planta com Potássio, Magnésio e Boro e o Peso+ é um fertilizante balanceado com esses nutrientes que são exigidos nesse período do cultivo de melão, fazendo com que os frutos tenham tamanho adequado e uma excelente qualidade e consequentemente um excelente custo benefício quando utilizado adequadamente”, explica Lima.

Para a uva

O cultivo de uva ocorre em diversas regiões do Brasil. Falando especificamente do Vale do São Francisco, vale o destaque, pois a localidade que vem se destacando na produção do tipo “mesa”, devido as condições climáticas favoráveis e abundância de água do rio São Francisco. O qual proporciona a produção durante todos os meses do ano com a irrigação provinda dele. A região é a maior exportadora de uvas do País, sendo de muita importância economicamente para os municípios na geração de empregos e para o restante do Brasil.

Assim como no melão, a fase de finalização da uva também merece cuidados especiais com o manejo nutricional. É nela que busca-se melhor coloração (com uvas de cor) e maior teor de açúcar (brix). O RTV da Ubyfol, Cléber Uzumaki, explica que na região do Vale do São Francisco são produzidas uvas durante todos os meses do ano, mas a fase final do se ciclo é em geral (dependendo da variedade) aos 80 dias pós poda, a qual denomina-se como período de amolecimento, que vai até 120 dias.

Neste período do ciclo, a uva necessita principalmente de Potássio (K), Magnésio (Mg), Boro (B), Enxofre (S) e Cálcio (Ca).  Como esta é uma fruta não climatérica, ou seja, não amadurece após a colheita, o K, Mg, B e S estão diretamente ligados a maturação dos ramos que por sua vez, são carreados aos frutos aumentando assim o seu teor de açúcar. Já o Ca está relacionado a resistência do fruto, ou seja, melhor shelf life.  “É importante na maturação dos ramos e frutos, aumentando o teor de brix no fruto e maior produtividade. O Peso + com seu K, Mg, B e S na sua composição irá auxiliar na maturação dos ramos e do fruto, melhorando o Brix, cor e produtividade”, detalha Uzumaki.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura