NOTÍCIAS

Clima prejudica produção de hortaliças em Curitiba (PR)

O clima tem sido motivo de preocupação dos agricultores de Curitiba. A falta de chuvas está afetando a produção de hortaliças, principalmente as folhosas como alface e rúcula, exigentes em água. “Os produtores em geral utilizam irrigação, mas muitos deles não possuem um sistema adequado para molhar o terreno o dia todo. A seca aumenta o trabalho e os custos com energia e produção”, explica Júlio Veiga Silva, engenheiro agrônomo da EMATER-PR.

O especialista reforça que a irrigação é condição para a produção de hortaliças e a única solução para driblar a estiagem é ter um ponto de captação de água. “Se fica alguns dias sem chover, dependendo da cultura, já ocorre o estresse hídrico e consequentemente a quebra na produção”, explica.

Veiga Silva conta que faz mais de 20 dias que não chove na cidade, o que vai prejudicar o desempenho da safra de maneira geral. Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia – INMET, choveu em abril menos de 50 mm. A média histórica para o mês é de 95 mm.

As hortaliças em geral se desenvolvem melhor em condições amenas com chuvas regulares, mas sem excesso porque o clima quente e úmido é propício para doenças. De acordo com o meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento, deve ocorrer uma melhor condição para o desenvolvimento das hortaliças no fim de maio e em junho. "O que pode atrapalhar são as quedas de temperatura. Até agora fez 'calor' em Curitiba, mas de agora em diante teremos uma certa regularidade das massas polares, com risco de alguns eventos de geada", afirma o meteorologista.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura