NOTÍCIAS

Climatempo leva Radar Agro e Agroclima PRO para Agrishow 2019

Aplicativo Agroclima PRO, serviço de agrometeorologia de precisão 4.0, oferece aos produtores previsão meteorológica e índice de favorabilidade de doenças na lavoura.

A Climatempo, empresa privada de meteorologia do país, chega a 26º edição da Agrishow com novidades. Durante o evento, que ocorre de 29 de abril a 03 de maio, em Ribeirão Preto (SP), a empresa apresenta duas das principais ferramentas de seu portfólio para o monitoramento das condições meteorológicas no campo: o Radar Agro e o Agroclima PRO. “Estamos trazendo tecnologias inovadoras que, juntas, ajudam o produtor a transformar o clima em seu maior aliado no campo. As soluções integradas ajudam os agricultores a otimizar processos, como a aplicação de defensivos, produzir safras mais sadias e, consequentemente, aumentar a rentabilidade”, explica a diretora de Produtos e meteorologista da Climatempo, Patrícia Madeira.

O Radar Agro oferece alertas de chuva para as próximas horas por setores da fazenda, permite que o produtor reduza custos diários, principalmente com um bom planejamento para as aplicações de defensivos. Desenvolvido com tecnologia 100% brasileira, o aparelho funciona de maneira simples. Basta ser instalado em um ponto fixo da fazenda para que ele emita pulsos eletromagnéticos em todas as direções, identificando e captando a movimentação das precipitações. Também é possível programar giros de 360º a cada minuto ou de acordo com a necessidade, a partir da consultoria dos profissionais da Climatempo.

Conectado à plataforma Agroclima PRO, o Radar Agro permite que o produtor tome decisões para tarefas do dia a dia com maior segurança. “A integração possibilita que, após as chuvas, os produtores acompanhem pelo dashboard da ferramenta o mapa do acumulado de chuva hectare por hectare da fazenda. Por meio de gráficos específicos, o agricultor consegue colher informações precisas para definir as próximas ações na lavoura”, afirma Patrícia.

Previsão do tempo e informações na palma da mão

Os visitantes da Agrishow também vão poder conhecer de perto a nova versão do Agroclima PRO: um aplicativo com o qual o agricultor vai poder acompanhar as previsões do tempo para 72 horas, 15 dias e às tendências climáticas para os próximos seis meses. Dados que permitem um planejamento muito mais assertivo da safra e o controle efetivo das lavouras.

O app também traz o índice de favorabilidade de doenças para o desenvolvimento das culturas. Os dados ajudam o agricultor a aumentar a efetividade do manejo, possibilitando que ele realize a aplicação dos defensivos agrícolas no momento certo e na quantidade exata, minimizando custos e impactos ao meio ambiente. Uma informação valiosa já que, de acordo com levantamento da Embrapa, o agronegócio brasileiro perde cerca de R$ 55 bilhões por ano com o ataque de pragas e doenças. O app ainda possibilita a conferência diária do ponto de orvalho e o acompanhamento dos índices de chuvas na região onde está instalada a fazenda.

O app do Agroclima PRO chega para complementar a atuação multicanal da ferramenta, que já conta com uma versão para desktop e com o envio de informações para os assinantes pelo WhastApp.  Em breve, o app deve receber novas funcionalidades, já disponíveis nas demais versões, como o monitoramento do índice NDVI – que permite detectar focos de pragas, doenças ou deficiência nutricional – e do balanço hídrico.

Um espaço para novas tecnologias na Agrishow

O estande do Agroclima PRO na Agrishow ainda vai trazer outras novidades de parceiros da ferramenta. A Perfect Flight, startup do setor agro, apresenta o sistema Perfect Flight App, que permite uma pulverização aérea mais assertiva e é capaz de gerar mapas que possibilitam visualizar as faixas de aplicação e as áreas de proteção ambiental, além de gerar relatórios de análises das pulverizações. O sistema foi construído em ambiente de nuvem (cloud computing) e pode ser executado em qualquer computador, tablet ou smartphone com acesso à internet.   

Já a Metos Brasil traz algumas de suas estações meteorológicas. Os equipamentos de última geração suportam mais de 400 sensores e permitem medir além das variáveis climáticas, dados de umidade e temperatura do solo, molhamento foliar, diâmetro de caule, pH e condutividade elétrica da água, hidrômetros, entre outros.

A Hummingbird Technologies mostra sua tecnologia de ponta que une inteligência artificial, análise de dados e algoritmos específicos para gerar mapas completos da situação das lavouras.

ver mais notícias