NOTÍCIAS

Colheita do algodão avança sem grandes transtornos

O avanço de uma frente fria pelo Rio Grande do Sul nesta quarta-feira (29) deixa o tempo instável e com previsão de pancadas de chuva em boa parte da metade sul do estado. No entanto, será na quinta-feira (30) que a instabilidade provocará chuva generalizada sobre todo o estado e, principalmente, chuva torrencial.

Há previsão de temporais, em que os volumes acumulados podem superar os 50 milímetros, além de que a chuva virá acompanhada de fortes rajadas de vento. Deste modo, todas as atividades de campo, como plantio, colheita e preparo do solo irão ser comprometidos ao longo da semana.

A grande preocupação é com as lavouras que foram impactadas pelas geadas no último final de semana. Ainda há algumas lavouras que resistiram ao frio intenso, mas com a instabilidade, a tendência é de um aumento nas incidências de doenças e um agravamento das condições fitossanitárias das plantas.

O sistema também irá avançar sobre as regiões produtoras de Santa Catarina e do Paraná ao longo dos próximos dias e com isso provocar chuva generalizada sobre os estados. Há possibilidade de que ocorra também precipitações sobre as áreas produtoras do Mato Grosso do Sul e de São Paulo entre o fim de semana e início da próxima semana, por conta do avanço da frente fria. Os volumes acumulados de chuva não serão altos, mas suficientes para permitir que as condições hídricas dos solos se mantenham razoáveis ao desenvolvimento das lavouras.

Situação das lavouras

A chuva no Paraná irá atrapalhar a finalização da colheita do milho, mas nada que traga prejuízos aos produtores. A instabilidade no norte do estado e em São Paulo, podem atrapalhar o andamento da colheita da cana-de-açúcar, do café e do milho safrinha, mas nada que também cause prejuízos a esses setores.

Já no Mato Grosso, Goiás, grande parte de Minas Gerais, Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia e Pará a previsão continua de tempo aberto e sem previsão para chuva. Com isso, será permitido que a colheita do algodão e do milho 2ª safra avance sobre todas as regiões, sem grandes transtornos.

Padrão meteorológico para o próximo mês

Os próximos 20 dias devem permanecer neste padrão meteorológico. As frente frias vão avançar sobre o Sul do Brasil, provocar chuva generalizada sobre o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e partes do Paraná, Mato Grosso do Sul e de São Paulo. O tempo fica aberto e sem chuva em grande parte das regiões Sudeste, Centro-Oeste, Maranhão, Tocantins, Piauí, Bahia e Pará.

Somente no final do mês de setembro é que a chuva volta a ficar mais generalizada sobre todo o centro-sul do país e ao longo do mês de outubro, a instabilidade volta para as regiões produtoras do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura