NOTÍCIAS

Com poucos agentes ativos, liquidez do algodão está baixo no spot nacional

Enquanto as negociações envolvendo algodão em pluma seguem lentas no spot nacional, as exportações brasileiras do produto continuam intensas. - Foto: Wenderson Araujo/CNA

Enquanto as negociações envolvendo algodão em pluma seguem lentas no spot nacional, as exportações brasileiras do produto continuam intensas. No mercado interno, poucos agentes estão ativos.

Segundo colaboradores do Cepea, a demanda está enfraquecida, tendo em vista a lentidão das vendas ao longo da cadeia têxtil, a preocupação de agentes de indústrias com o repasse dos preços e a expectativa de valores menores da pluma com a entrada mais efetiva da nova temporada.

Assim, agentes adquirem pequenos volumes apenas quando há necessidade imediata. Do lado vendedor, a maioria dos cotonicultores está capitalizada e priorizando os trabalhos de campo da safra 2020/21.

Nesse cenário, os fechamentos no spot e também de contratos a termo direcionados aos mercados doméstico e externo têm sido poucos. Entre 31 de maio e 8 de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ, com pagamento em 8 dias, caiu 0,35%, fechando a R$ 5,0237/lp nessa terça-feira, 8. 

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura