NOTÍCIAS

​Comunidades rurais recebem dicas sobre economia e empreendedorismo

  • 30/05/2017 |
  • Nestor Tipa Júnior

Foto: AgroEffective/Divulgação

O segundo dia da programação rural da Semana Arrozeira, promovida pela Associação dos Arrozeiros de Alegrete (RS), foi realizada no distrito de Rincão de São Miguel, no interior do município. O evento, realizado na Escola Municipal Homero Alves Pereira, reuniu a comunidade do polo que pode assistir a palestras sobre Administração Rural, Empreendedorismo e Economia Doméstica durante o turno da manhã. O tema vem sendo apresentado aos produtores durante o evento no campo.

No primeiro momento, a consultora do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Juliana Krupp, apresentou aos produtores o tema Administração Rural e Economia Doméstica. A especialista, de forma didática, explicou aos participantes como podem fazer para controlar os gastos do orçamento doméstico. Entre os passos para manter o orçamento equilibrado estão estabelecer objetivos e determinar prioridades. "Ter boa situação financeira não está relacionada apenas com poupar, cortar gastos e guardar dinheiro. É ter mais qualidade de vida com segurança material, aproveitando a vida e tendo garantia para eventuais imprevistos", salienta.

A especialista orienta que sejam guardados 10% da receita bruta seja guardada para emergências e fazer uma poupança, além de 5% para o lazer e outros 5% para os gastos consigo mesmo. Entre as dicas básicas passadas por Juliana está a anotação diária dos gastos, mesmo que seja em um caderninho, pois a maior parte dos gastos estão em compras supérfluas. "Verifique e separe seus gastos com alimentação, moradia, transporte, lazer, saúde, dívidas, contas a pagar e outras despesas. Determinar um limite de gastos é importante, mas também é fundamental ver onde estamos desperdiçando nosso dinheiro", observa.

Já o consultor do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Sul (Sebrae/RS), Vitorino Dornelles, falou sobre empreendedorismo aos participantes do evento. O principal ponto para o início de um novo negócio é trabalhar com metas que sejam mensuráveis, específicas, temporais, alcançáveis, significativas. "Para isto temos uma palavra mágica que se chama planejamento. E tudo o que eu realizar preciso responder perguntas de o que fazer, quando, como, quem, como, quanto vai custar, porque estou fazendo e como saber se foi feito. Temos que definir tudo e passar uma orientação muito boa", ressalta.

Dentro da linha agropecuária, o especialista provocou os participantes sobre diversificação das atividades. Além disto, reforçou sobre a importância da administração do tempo para que os empreendedores possam se organizar e criar oportunidades de novos negócios na propriedade e, para isso, é fundamental criar uma lista de tarefas e horários de cada ação. "Será que não conseguimos nos reorganizar e achar mais tempo para fazer mais coisas? Comecem a controlar o tempo de vocês fazendo a administração que teremos tempo tempo para diversificar o negócio", enfatiza.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas pelo site www.semanaarrozeira.com.br.


ver mais notícias