NOTÍCIAS

Consórcio Antiferrugem atualiza ferramentas digitais de monitoramento da ferrugem da soja

O mapa de dispersão da doença, disponível no site do Consórcio, traz agora opções de filtro para cada tipo de ocorrência (soja voluntária, soja comercial, presença de esporos ou unidade de alerta).

O website do Consórcio Antiferrugem acaba de ser atualizado com novas funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão dos produtores, no que diz respeito ao manejo da ferrugem-asiática da soja, na safra 2020/21. O mapa de dispersão da doença, disponível no site do Consórcio, traz agora opções de filtro para cada tipo de ocorrência (soja voluntária, soja comercial, presença de esporos ou unidade de alerta). “Essa era uma demanda, principalmente, para os locais onde há coletores de esporos, para auxiliar a relacionar a detecção dos esporos com as primeiras ocorrências, além de verificar o papel da soja voluntária na manutenção de inóculo”, explica a pesquisadora Cláudia Godoy, da Embrapa Soja. 

Com as alterações realizadas, os usuários também poderão escolher a forma de agrupamento  das ocorrências da doença (por cidade ou por cidade com coordenadas independentes do exato local de ocorrência dos focos). ¨Atendendo ainda à demanda de alguns estados, o site foi atualizado para inserir a coordenada geográfica do relato e não somente o município, sendo opcional essa identificação¨, explica.

De acordo com a pesquisadora Cláudia Godoy, com o início da regularização das chuvas e o avanço das semeaduras da soja, o monitoramento da doença tende a aumentar nas primeiras lavouras. Neste sentido, o website do Consórcio Antiferrugem é uma ferramenta que pode agregar mais informação no monitoramento regional do problema. “Por isso, gostaríamos de contar com a colaboração de registros das ocorrências da ferrugem-asiática em  todas as regiões brasileiras, para que possamos atualizar os mapas de dispersão, em tempo real, e assim auxiliar os produtores no controle da doença”, avalia. 

De acordo com a pesquisadora, as primeiras ocorrências sempre são verificadas para conferir maior confiabilidade. Todos os estados possuem laboratórios credenciados ao Consórcio Antiferrugem que podem inserir as ocorrências diretamente no site, sendo essas instituições, fundações de pesquisa, universidades e órgãos de defesa. 

Os aplicativos do Consórcio Antiferrugem também acabam de ser atualizados e estão disponíveis para download/atualização: iOS (versão 2.5)Android (versão 1.5).

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura