NOTÍCIAS

Corteva Agriscience lança dois produtos para o setor arrozeiro

Companhia lança o fungicida Bim Max para controle das principais doenças do arroz e o herbicida Raster para o manejo de plantas daninhas. - Foto: Wenderson Araujo/CNA

Corteva Agriscience está fortalecendo a sua atuação no setor arrozeiro, que tem o Brasil como maior consumidor do grão fora da Ásia, com o lançamento de dois produtos para a cultura, o fungicida Bim Max e o herbicida Raster. A companhia atua no segmento de arroz com diversas soluções para aumentar a produtividade no campo e segue investindo para apresentar ao mercado um portfólio cada vez mais robusto e completo.

O novo fungicida Bim Max oferece tecnologia e praticidade aos agricultores no combate às principais doenças da cultura do arroz, que têm alto potencial de dano e reduzem drasticamente a produtividade. Composto pela combinação de dois princípios ativos (Triciclazol e Tebuconazol), o fungicida atua com modo de ação sistêmico e tem amplo espectro de controle de doenças tanto nas folhas como nos grãos.

O segundo lançamento é o herbicida Raster, que também possui combinação de dois princípios ativos (Cialofope butílico e Penoxsulam) que conferem maior eficiência, além de contar com modo de ação seletivo e sistêmico para o controle das plantas daninhas que afetam o arroz como: gramíneas, ciperáceas e folhas largas. Raster apresenta amplo espectro de controle pré e pós-emergente.

“O setor orizícola vem se desenvolvendo ao longo dos anos, ganhando cada vez mais protagonismo e nós temos orgulho de dizer que fazemos parte dessa evolução. A Corteva acredita na cultura do arroz e está sempre em busca de contribuir e apoiar o produtor rural a melhorar sua rentabilidade por meio das nossas tecnologias”, afirma Luiz Grines, Líder de Portfólio da Linha Arroz da Corteva Agriscience.

Bim Max e Raster somam-se ao portfólio robusto de herbicidas e fungicidas da Corteva para a cultura do arroz. O último lançamento da companhia para o segmento foi o herbicida Loyant, uma ferramenta importante para o controle de plantas daninhas resistentes do arroz e que foi muito esperada por todo o mercado. Os lançamentos da Linha Arroz fazem parte dos esforços em inovação da Corteva, que investe anualmente 1,2 bilhão de dólares em Pesquisa & Desenvolvimento, sendo 200 milhões deste total destinados ao Brasil.

Boas Práticas Agrícolas

Todas as tecnologias da Corteva contam com orientações sobre sua correta utilização, além de passarem por rigorosos testes antes de serem aprovadas pelos órgãos regulatórios. A companhia também possui um programa robusto de Boas Práticas Agrícolas que percorre diversos estados do Brasil promovendo treinamentos técnicos para produtores, agrônomos e consultores sobre manejo de plantas daninhas, manejo integrado de pragas, manejo de doenças, tecnologia da aplicação e segurança do trabalhador.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura