NOTÍCIAS

Corteva e Embrapa discutem Boas Práticas Agrícolas em Brasília

A Corteva Agriscience, Divisão Agrícola da DowDuPont e a  Embrapa, estiveram juntas, nesta quarta-feira, 5 de dezembro, para colocar em pauta as boas práticas agrícolas, um tema que tem por objetivo a sustentabilidade do agronegócio, a preservação do meio ambiente e o aumento da produtividade do setor. A passagem do projeto itinerante “Expedição da Agricultura para a Vida”, da Corteva, por Brasília, foi uma oportunidade de unir esforços e compartilhar as melhores práticas para uma agricultura responsável, produtiva e segura. “A Corteva e a Embrapa têm programas de boas práticas similares e que se complementam. Discutir esse tema em conjunto com técnicos e pesquisadores da Embrapa é uma chance de aprimorar ainda mais as ações que podemos oferecer para toda a cadeia. Todos ganham, o agricultor, a indústria e o consumidor final”, explica Jair Maggioni, Coordenador do programa de Boas Práticas Agrícolas da Corteva AgriscienceTM.

Programa Expedição da Agricultura para a Vida

O caminhão itinerante tem 7 metros de comprimento e 3,5 de largura, com baú adaptado e dividido em ambientes visualmente atrativos. Os treinamentos, aplicados por acadêmicos e pesquisadores, focam nos quatro pilares das inciativas de Boas Práticas Agrícolas: Manejo de Plantas Daninhas, Manejo Integrado de Pragas, Tecnologia da Aplicação e Segurança do Trabalhador.

Cada tema lecionado conta com apresentações teóricas e práticas interativas, que são realizadas nesses ambientes e por meio de jogos nos quais os participantes testam seu conhecimento de forma lúdica. Os exercícios são aplicados com dinamismo e interatividade para grupos de até 15 pessoas por vez, com duração aproximada de quatro horas.

São dois dias em cada município com até quatro treinamentos que são ministrados a consultores, agrônomos e técnicos responsáveis pelo cultivo, totalizando mais de 60 turmas até o final de 2018. O projeto educativo itinerante já passou pelos estados do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Novidade neste ano, três cidades do Paraguai também receberam o caminhão.

Boas Práticas Agrícolas na Corteva Agriscience

Além do caminhão itinerante, a Corteva Agriscience mantém o Programa de Aplicação Responsável (PAR), que tem o objetivo de treinar agricultores e ressaltar a importância das boas práticas agrícolas na aplicação de defensivos agrícolas. No programa, realizado em parceria com a Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Botucatu, os agricultores participam de um dia de campo em que são abordados conceitos de aplicação responsável de forma teórica e por meio de simulações práticas.

Também fazem parte do programa de Boas Práticas os projetos sociais Corteva Escola, Corteva Mulheres no Campo e Corteva Natureza.

Biblioteca Digital de Boas Práticas Agrícolas

Para reforçar e ampliar ainda mais todo o trabalho desenvolvido pela Corteva AgriscienceTM em Boas Práticas Agrícolas, a Divisão Agrícola da DowDuPont também dispõe de um biblioteca digital voltada para o tema. A ideia é levar ao público conhecimento e informações de qualidade sobre os principais pilares que permeiam todo o processo do cultivo. Conteúdos específicos sobre Manejo de Plantas Daninhas, Manejo Integrado de Pragas, Tecnologia de Aplicação e Segurança do Trabalhador estão disponibilizados em ferramentas diversas, como por exemplo, webinars, e-books, artigos, vídeos, entre outros, possibilitando a conectividade e interação de maneira rápida e acessível. 

Boas Práticas Agrícolas na Embrapa

Os participantes do evento também puderam acompanhar uma explicação sobre os programas desenvolvidos na Embrapa na área de manejo integrado de pragas nos estados do Paraná, Mato Grosso e Goiás. O pesquisador Edson Hirose explica que o objetivo das ações é diminuir custos mantendo a qualidade de produção.

ver mais notícias