NOTÍCIAS

Cotrijal apoia Fórum Nacional de Máxima Produtividade

O campeão nacional foi o produtor Marcos Seitz, de Guarapuava (PR), que também registrou o novo recorde nacional de produção de soja ao estabelecer 148,08 sacas por hectare (sc/ha) – quase o triplo da média nacional para a cultura.

O evento de premiação também coroou os campeões de produtividade nas demais regiões do país. Na região Sudeste o campeão foi José Renato Nunes, de Capão Bonito (SP), com 108,26 sc/ha. Nas regiões Norte e Nordeste o vencedor do desafio foi Leandro Ficagna, de Luís Eduardo Magalhães (BA), com 95,76 sc/ha. Na região Centro-Oeste, o produtor Elton Zanella atingiu, na cidade de Campos de Júlio (MT), a produção de 122,20 sc/ha, a segunda maior marca na safra 2016/2017.

A Cotrijal esteve representada pela sua direção, superintendentes, gerentes, colaboradores e associados. O presidente da cooperativa, Nei César Mânica, destacou que a Cotrijal é apoiadora do Fórum Nacional devido a importância do evento para o agronegócio e para a soja, já que revela o potencial produtivo da cultura. "Conseguimos disponibilizar informações de altíssima tecnologia e qualidade para um grande número de associados. Isso vai ser convertido em aumento de produtividade nas lavouras da nossa área de atuação", enfatizou.

O vice-presidente, Enio Schroeder, lembrou que a Cotrijal trabalha incansavelmente em busca do aumento de produtividade junto aos seus associados, com apoio de quadro técnico qualificado. "Vendo estas marcas altíssimas, que ultrapassam as 120 sacas/hectare, nos inspiramos a buscar sempre mais. A tecnologia está disponível para alcançarmos médias cada vez melhores", afirmou.

O superintendente de Produção Agropecuária, Gelson Melo de Lima, comentou que ver a forma como cada campeão de produtividade manejou sua lavoura, motiva os técnicos da cooperativa a se desafiar a buscar novas técnicas no sistema de produção. "Como cooperativa, temos uma média de produtividade muito boa, mas temos condições de crescer ainda mais, buscando o máximo potencial produtivo da cultura da soja", pontuou.

Ao todo, foram mais de cinco mil inscrições de produtores rurais para o Desafio de Máxima Produtividade 2016/2017. Para Nery Ribas, presidente do CESB, o recorde de adesão (12% maior do que no ano passado) representa a importância que as pesquisas, novas tecnologias e o uso da sustentabilidade no campo adquirem no dia a dia do produtor de soja. "O produtor sabe que o campo apresenta riscos e desafios. O nosso comprometimento é ajudá-lo a caminhar pela trilha da alta produtividade", mencionou.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura