NOTÍCIAS

Datagro projeta recorde na área de soja da América do Sul

Número estimado é de 60,58 milhões de hectares, com destaque para 126 milhões de toneladas previstas para o Brasil. - Foto: Tony Oliveira/CNA Brasil.

A área a ser colhida de soja na América do Sul tem previsão de atingir um novo recorde na safra 2019/20, a 60,58 milhões de hectares, segundo novo levantamento da consultoria DATAGRO. O resultado deve ser 2% superior à extensão da temporada anterior, reavaliada em 59,43 milhões de hectares. A produção potencial foi revista para 197,23 milhões de toneladas.

As variáveis de estímulo para o aumento na área de soja na América do Sul estão ligadas aos preços que se mantiveram favoráveis aos produtores na atual temporada diante da firme demanda global e com prêmios em elevação para exportação compensando perdas com a guerra comercial entre China e Estados Unidos.

"Na produção, a depender do comportamento do clima, a tendência é que a América do Sul possa superar com folgas a safra de 2019, que foi diminuída pelas perdas no Brasil e Paraguai, e estabelecer novo recorde histórico de 197,23 milhões de toneladas", explica Flávio França Júnior, coordenador da DATAGRO Grãos.

Apesar das ressalvas com as condições meteorológicas, a estimativa também é de alta produtividade para a soja da América do Sul na temporada 2019/20, com 3.256 kg/ha, 3% superior aos 3.152 kg/ha da safra atual, e acima do recorde de 3.244 kg/ha de 2017. Do lado tecnológico, a tendência é de manutenção positiva dos produtores no uso dos insumos agrícolas.

"Esse bom resultado em termos de produção será fundamental para garantir um mínimo de renda aos produtores, caso seja confirmada a projeção de preços de novo abaixo da média histórica no mercado internacional (em caso de não acordo entre EUA e China)", ressalta França Jr.

Nos levantamentos da DATAGRO por país, há projeção de elevação na área semeada no Brasil para 37,03 milhões de hectares, avanço de 3% ante a temporada 2018/19 e produção recorde de 126 milhões de toneladas. A ampliação ocorre em pastagens, áreas de cana-de-açúcar, e, em menor grau, novos locais.

Na Argentina, a área de soja foi estimada 18 milhões/ha e salto de 1% ante a temporada 2018/19, totalizando produção de 55,18 milhões de toneladas, e a Bolívia terá incremento de 2%, para 1,35 milhão/ha e 3,10 milhões/t.

No Paraguai, a estimativa é de redução de 9% na área ante 2018/19, totalizando 3,40 milhões/ha na safra 2019/20 e produção de 9,94 milhões/t. No Uruguai, a expectativa é de manutenção da extensão de produção de soja com 1 milhão/ha e produção estimada em 3 milhões de toneladas.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura