NOTÍCIAS

Dow AgroSciences inaugura novo Centro de Pesquisa em Melhoramento e Conversão de Traits no município de Sorriso (MT)

  • 29/04/2014 |
No último dia 14, um Centro de Pesquisa em Melhoramento e Conversão de Traits foi inaugurado pela Dow AgroSciences no município de Sorriso, Mato Grosso. O município de Sorriso é a maior produtora mundial de soja. Com a nova unidade, a companhia vai desenvolver híbridos de milho com características adaptadas ao Mato Grosso e outras regiões de clima tropical. Contará ainda com o que há de mais moderno em pesquisa de melhoramento de milho no mundo e também serão feitas pesquisas com soja, braquiária e sorgo.

Um grande destaque da nova unidade é que se trata do primeiro Centro de Pesquisa e Conversão de traits da Dow AgroSciences fora dos Estados Unidos, o que reforça a importância deste investimento para a agricultura brasileira e mundial. Com tecnologias próprias para regiões tropicais, será possível reduzir riscos provenientes de fatores climáticos e pragas.

De acordo com Ramiro De La Cruz, presidente da Dow AgroSciences, “os produtos desenvolvidos neste Centro de Pesquisa representarão ganhos em termos de produtividade e rentabilidade para o agricultor brasileiro. Com tecnologias próprias para regiões tropicais, será possível reduzir riscos de quebra por influência de fatores climáticos e pragas. Outros aspectos relevantes são o aumento de capacidade de produção por hectare e a queda do custo de produção.”

Dois laboratórios serão responsáveis pela identificação de doenças incidentes na região e garantirão o desenvolvimento de plantas com características de resistência a pragas de maior ocorrência.

Para a abertura do Centro de Pesquisa em Melhoramento e Conversão de Traits foram criados 30 postos de trabalho diretos e efetivos. Ao longo do ano, devido à sazonalidade da operação e momentos de maior demanda nas atividades da unidade e no campo, o número de funcionários poderá chegar a 60.

Além do Brasil, o Centro de Pesquisa em Melhoramento desenvolverá híbridos para Bolívia, Paraguai e Argentina. Já a conversão de traits atenderá mercados como México, Argentina e Índia. ver mais notícias