NOTÍCIAS

Embrapa apresenta inovações para agricultura em feira de nanotecnologia

O visitante vai conhecer inovações desenvolvidas na Embrapa Instrumentação (São Carlos, SP) e na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília, DF).

O mais importante evento na área de nanotecnologia no Brasil, a Nano Trade Show, entre 24 e 26 de setembro, em São Paulo, também abre espaço para apresentar resultados de pesquisas que se transformaram em produtos para a agricultura. O visitante vai conhecer inovações desenvolvidas na Embrapa Instrumentação (São Carlos, SP) e na Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Brasília, DF).

Entre as soluções tecnológicas que ganharam cor, tamanho e forma no Laboratório Nacional de Nanotecnologia para o Agronegócio (LNNA) no interior paulista, nos projetos da Rede de Nanotecnologia Aplicada ao Agronegócio (Rede AgroNano), estão o MicroActive e a nanoemulsão de cera de carnaúba para revestimento de frutos, lançados em 2018 e 2019.

Exemplo de inovação aberta, o MicroActive à base de nanotecnologia envolveu a empresa Compass Minerals, cujos produtos atingem mais de 70 países. A tecnologia é uma película formada por micronutrientes, em grande concentração que recobre de forma homogênea grânulos dos macronutrientes nitrogênio, fósforo e potássio, conhecidos pela sigla NPK.

A vantagem do uso do MicroActive é que o agricultor tem um produto completo para aplicar na lavoura com nutrientes balanceados e potencial de aumentar a produtividade e reduzir aplicações de fertilizantes, porque fornece macro e micronutrientes de modo simultâneo e permite que as plantas produzam próximo do seu potencial genético.

Segurança alimentar

Neste segmento de segurança alimentar, a Embrapa Instrumentação vai apresentar a nanoemulsão de cera de carnáuba para revestimento de frutos. Em laboratório, os experimentos realizados com mamão, laranja, tangerina e tomate demonstraram efetividade no revestimento de frutos por formar uma barreira contra a perda de umidade, troca de gases e ação microbiana.

Desenvolvida em parceria com a empresa Tanquímica, também dentro do conceito de inovação aberta, o composto reforçado manteve as características mecânicas de uma nanoemulsão e foi capaz de preservar a qualidade em até 15 dias a mais, em média, comparado ao revestimento convencional dos frutos não revestidos.

Com sede em Laranjal Paulista (SP) e filiais em Franca (SP) e Novo Hamburgo (RS), a Tanquímica estima uma produção e fornecimento de 360 toneladas ao ano da nanoemulsão, conforme a infraestrutura instalada e necessária para atender a demanda do mercado.

E outras inovações, que já passaram pela fase de pesquisa e desenvolvimento e agora estão perto da escala de produção industrial, também serão apresentadas no estande da Embrapa, são os nanocristais de celulose e um novo fertilizante à base de hidrogel modificado para liberação gradual de água e nutrientes.

As pesquisas têm a proposta de agregar valor aos produtos do agronegócio brasileiro em setores estratégicos, incluindo o de fertilizantes, alimentos e celulose, todas desenvolvidas com materiais provenientes de fontes renováveis e sustentáveis.

Serviço

Quando: de 24 a 26 de setembro de 2019

Horário: das 13h às 21h

Estande da Embrapa: Rua H / Estande H093

Local: São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, KM 1,5 - São Paulo/SP)

Mais informações sobre o evento, acesse aqui.


ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura