NOTÍCIAS

Embrapa negocia parceria para avanço na pesquisa da fibra do algodão

O objetivo é reduzir custos e aumentar a eficiência das análises de amostras de plumas - Foto: Fabiano Perina

A Embrapa Algodão (Campina Grande, PB) e a Associação Goiana de Produtores de Algodão (Agopa) iniciaram negociação para consolidar parceria entre as instituições visando levar a um novo patamar a pesquisa em qualidade da fibra de algodão no Brasil. O objetivo é reduzir custos e aumentar a eficiência das análises de amostras de plumas. A negociação prevê que as análises de qualidade de fibra de algodão, hoje realizadas no Laboratório de Fibras e Fios da Unidade, passarão a ser feitas no laboratório da Agopa, sem nenhum custo para a Embrapa, trazendo maior eficiência no uso dos recursos públicos. O Laboratório de Fibras e Fios da Embrapa Algodão realiza análises da qualidade intrínseca da fibra de algodão, uma das informações mais importantes para a pesquisa com essa cultura.

Um dos termos da parceria prevê a transferência de um HVI (do inglês High Volume Instrument), equipamento que mede diversas características das fibras, da sede da Unidade em Campina Grande para o Laboratório de Classificação Visual e HVI da Agopa, em Goiânia, GO. “Esta parceria, além das razões econômicas, tem grande importância estratégica para a pesquisa de algodão da Embrapa por criar as condições para expandir os estudos em qualidade da fibra, aumentando a interação da Embrapa com o setor produtivo brasileiro, envolvendo o compartilhamento de recursos humanos e financeiros, infraestrutura e conhecimentos. Esta parceria gera ganhos tanto para a Embrapa quanto para os produtores de algodão do Brasil”, avalia o chefe-geral da Embrapa Algodão, Liv Soares.

De acordo com Nota Técnica da Embrapa Algodão, hoje o custo médio da análise de cada amostra de algodão é R$ 43,85. No ano passado, foram realizadas cerca de 15 mil amostras, totalizando um custo superior a R$ 650 mil. Com a parceria, esse custo será assumido pela Agopa. 


ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura