NOTÍCIAS

Epamig desenvolve projeto para impulsionar silagem de trigo

O uso de silagem de trigo para alimentação de bovinos cresce cada vez mais no Brasil, sobretudo em estados da região Sul do país. O produto, que apresenta uma série de vantagens, pode ser oferecido tanto para gado de leite como para gado de corte. Em Minas Gerais, porém, a silagem de trigo ainda não é um recurso utilizado em larga escala. Nesse sentido, a Empresa de Pesquisa Agropecuária do estado (EPAMIG) desenvolve um projeto para impulsionar essa alternativa de alimentação animal. 

O pesquisador da EPAMIG, Maurício Coelho, explica que boa parte das cultivares de trigo disponíveis e adaptadas para as condições de clima e solo de Minas Gerais não são aptas para a silagem de trigo devido a características anatômicas. Segundo ele, as espigas de trigo normalmente contêm uma estrutura denominada 'arista' que dificulta a digestão por parte dos animais e inviabiliza a utilização do trigo como silagem. 

"As espigas possuem uma estrutura que a gente chama de arista que é altamente recalcitrante, dificulta a digestão da silagem e, às vezes, acaba até ferindo o rúmen dos animais. Pouquíssimas cultivares de trigo no Brasil, tanto para uso em forma de silagem quanto para produção de grãos, não possuem essas aristas", explica Maurício.

Para resolver o problema, a EPAMIG realizou pesquisas com a cultivar de trigo MGS Brilhante, que não possui aristas e está plenamente adaptada às condições edafoclimáticas de Minas Gerais, já utilizada por produtores para produção de grãos. 

A MGS Brilhante tolera temperaturas mais elevadas e certo déficit hídrico na entressafra. Além disso, a cultivar, de porte alto, é resistente ao tombamento (acamamento). Em condições de sequeiro com incidência regular de chuvas no período de março a setembro, a MGS Brilhante produz entre 25 e 35 toneladas de silagem por hectare. Já sob irrigação, a cultivar produz mais de 50 toneladas de silagem por hectare.

Ao longo dos últimos anos, a EPAMIG conduziu uma série de estudos para avaliar em campo o desempenho da silagem de trigo produzida a partir da cultivar MGS Brilhante. Os resultados são positivos e vantajosos.

Vantagens da silagem de trigo

Maurício Coelho afirma que a silagem de trigo MGS Brilhante oferece algumas vantagens para os pecuaristas mineiros. De acordo com o pesquisador, a tecnologia é uma alternativa de produção de forragem na entressafra, com alto valor proteico e energético. "Em Minas Gerais, o trigo é cultivado entre os meses de março e setembro, justamente na entressafra, período em que boa parte das áreas produtoras estão paradas, principalmente aquelas dedicadas à produção de forragem para alimentação animal. Então, a cultura do trigo entra normalmente em áreas que estão ociosas", pontua.

Além disso, a silagem de trigo é uma excelente alternativa para fazer rotação de culturas, prática que reduz a incidência de plantas daninhas e auxilia no controle de pragas, doenças e nematoides.

Quando questionado sobre os equipamentos necessários para produzir silagem de trigo, Maurício enfatiza que não há segredos. Os maquinários utilizados na produção são os mesmos demandados na ensilagem de milho e sorgo. 

Unidades Demonstrativas de silagem de trigo

O objetivo da EPAMIG para 2021 é tornar a silagem de trigo da cultivar MGS Brilhante cada vez mais conhecida e adotada por pecuaristas de Minas Gerais. Um projeto, já em andamento, prevê a instalação de Unidades Demonstrativas em municípios mineiros para trabalhar a difusão do processo e da cultivar. 

As Unidades serão implantadas nos Campos Experimentais da empresa em Patos de Minas, Prudente de Morais, São João del-Rei, Três Pontas e Oratórios. Também, uma parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) vai permitir a implantação em Montes Claros. Outras Unidades Demonstrativas serão implantadas diretamente em propriedades particulares de produtores em municípios de outras regiões do estado de Minas.

Além disso, sementes de trigo da cultivar MGS Brilhante da EPAMIG já estão disponíveis para comercialização. Interessados em adquiri-las ou saber mais sobre a implantação de Unidades Demonstrativas deverão entrar em contato com a empresa pelo e-mail asagro@epamig.br.

"O mais difícil já foi conquistado, ou seja, o desenvolvimento de uma cultivar ideal para silagem de trigo. Agora, nossos esforços estarão concentrados em continuar a multiplicação das sementes de MGS Brilhante, difundir e transferir a tecnologia para os produtores e pecuaristas por meio de palestras, dias de campo e outros eventos. Estamos animados", conclui Maurício. 

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura