NOTÍCIAS

Especial Agrishow: Pela primeira vez na Agrishow, Climate FieldView apresenta a revolução digital na agricultura

Pela primeira vez na Agrishow, em Ribeirão Preto (SP), a Climate, braço de agricultura digital da Monsanto, irá mostrar aos produtores e visitantes da feira os benefícios da plataforma Climate Fieldview. No estande, os participantes poderão entender o funcionamento da ferramenta por meio de uma projeção mapeada – uma maquete em 3D de uma fazenda – e também com o uso de óculos VR (realidade virtual).

Quem estiver no evento poderá "testar" a ferramenta. Para isso, a empresa disponibilizará uma mesa com diferentes dispositivos que permitem que os visitantes entendam como ela funciona na prática, com casos reais de uso. Além disso, as pessoas poderão também conhecer mais sobre as compatibilidades da plataforma com maquinários de diferentes marcas.

Lançado no Brasil em maio de 2017, o Climate FieldView integra informações de plantio, monitoramento, pulverização, colheita e solo em um só lugar, tudo acessível pelo celular, tablet ou computador. Isso permite que o produtor gerencie suas operações com mais eficiência e, possivelmente, maximize sua produtividade. O FieldView Drive é um dispositivo de hardware colocado dentro da cabine, que coleta e processa automaticamente dados de campo de forma simples e integrada, gerando mapas e relatórios em tempo real. Isso ajuda quem cuida da fazenda a corrigir os problemas de forma mais rápida e a tomar decisões no momento correto.

"Nos últimos anos, o produtor brasileiro tem investido muito em tecnologias que melhoram o rendimento das lavouras e, com elas, uma enorme quantidade de dados são gerados diariamente. Entretanto, todos esses dados não são organizados e integrados a favor da tomada de decisão.", afirma o líder de negócios da Climate para a América do Sul, Mateus Barros. "O agricultor planeja em detalhes o que ele pretende fazer durante a safra, no entanto, não é simples ter a visibilidade do desempenho das operações realizadas no campo. Na hora de analisar os resultados, é difícil ter clareza sobre o que de fato impactou a rentabilidade do negócio. A plataforma Climate FieldView veio para mudar isso", completa Barros.

Quando ainda estava em fase experimental, mais de 130 produtores de soja e milho de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Paraná, Rio Grande do Sul e Minas Gerais testaram a plataforma e a avaliaram de forma extremamente positiva. Um ano após o lançamento comercial, a plataforma já foi adotada em mais de 560 mil hectares no País.

Compatibilidades A plataforma Climate FieldView possui compatibilidade com diversas marcas de máquinas presentes no mercado. Em um ano de desenvolvimento, a compatibilidade foi expandida em todas as operações - plantio, pulverização e colheita - incluindo as principais marcas do mercado como a Case IH, Massey Ferguson, New Holland e Valtra. Outro avanço tecnológico importante foi a integração dos dados gerados pelo equipamento Veris à plataforma da Climate FieldView, comercializado pela Stara. O aparelho faz o levantamento da condutividade elétrica do solo de forma mecanizada e, com os mapas inseridos na plataforma, o agricultor pode analisar as informações lado a lado com outros mapas e tomar melhores decisões, baseadas em dados.

Foram desenvolvidas parcerias com empresas nacionais, principalmente para sistemas de plantio, possibilitando que um maior número de agricultores tenha acesso à tecnologia. Empresas como a Agrosystem (representante dos produtos da DICKEY-John) e a Pro Solus (fabricante dos monitores de plantio PSX) fizeram a compatibilização dos seus equipamentos com o a plataforma Climate FieldView. Outro importante desenvolvimento foi o realizado pela Stara, que possibilita que os mapas de plantio gerados pelas suas plantadeiras com os monitores Topper 4500 ou 5500, sejam visualizados na plataforma, quando importados através da ferramenta de importação de dados do dispositivo de agricultura digital da Monsanto.

ver mais notícias