NOTÍCIAS

Especial Expodireto: Solo tolerante à seca é a nova solução para a lavoura

Fertilizante mineral à base de sulfato de cálcio granulado (gesso agrícola) favorece descompactação do solo e maior enraizamento da planta.

A agricultura avançada e sustentável tem exigido um cuidado com um número cada vez maior de fatores. Produzir em maior quantidade, com qualidade superior e ocupando o mesmo espaço de terra seguem sendo os principais deles e, para superá-los, olhar para a nutrição das plantas e do solo são atitudes essenciais ao produtor.

A colheita da safra de soja 2018/19 no Rio Grande do Sul atingiu neste mês de março apenas 10% de toda área cultivada, no entanto, já é possível projetar o impacto negativo causado pela estiagem em importantes regiões produtoras no estado, na época do enchimento dos grãos. Porém, produtores que investiram em manejo e nos cuidados com o solo conseguiram driblar os problemas climáticos e atingir resultados muito expressivos de produtividade.

Esse foi o caso dos produtores que aplicaram o sulfato de cálcio granulado na lavoura e diminuíram a compactação do solo, possibilitando um maior enraizamento das plantas, evitando o replantio da soja e, por consequência, ainda garantiram uma excelente produtividade na lavoura, como destaca o engenheiro agrônomo e especialista em solo, Eduardo Silva e Silva.
“Temos um estudo recente em São Sepé (RS), onde foi aplicado o fertilizante mineral à base de sulfato de cálcio granulado num lote com 60 dias de estiagem, dosagem a lanço de 300 a 500 kg/hectare, e o resultado foi de até 22 sacas a mais que a testemunha; isso é muito expressivo e traz um ânimo muito grande entre os produtores”, afirma.

No entanto, o especialista lembra que para se obter o máximo potencial produtivo do grão na lavoura é preciso que a planta esteja bem nutrida e o solo esteja descompactado. O solo no sul do país é bastante argiloso, especialmente na região noroeste do RS, onde a necessidade da aplicação do sulfato de cálcio é ainda mais essencial para afrouxar e ajudar a flocular as argilas.

“A partir da ajuda do cálcio e do enxofre, o solo fica mais permeável, permitindo que as raízes atinjam os nutrientes encontrados no subsolo, que são os responsáveis pelo desenvolvimento da soja. Assim, o sulfato de cálcio entra como protagonista na adubação, principalmente onde há plantio direto, sendo aplicado uma parte no inverno e o restante no verão. “O sulfato de cálcio granulado é uma das principais composições para equilibrar o solo, fornecendo cálcio e enxofre desde a raiz até a parte aérea da planta”, destaca.

SulGesso mostrará na Expodireto como construir o perfil de um solo tolerante à seca

A SulGesso apresentará no seu estande, durante a Expodireto, em Não-Me-Toque (RS), as orientações necessárias para construir o perfil de um solo mais tolerante a estiagens.

Esse desafio passa por uma criteriosa análise de solo, um ótimo trabalho de manejo e pela utilização do SulfaCal, especialmente nas camadas mais profundas do solo. O SulfaCal é um fertilizante mineral rico em fontes de cálcio e enxofre solúveis, que melhora o enraizamento, reduz o alumínio tóxico, auxilia na descompactação do solo, aumenta a resistência da planta à seca e ainda resulta no aumento de produtividade.

A empresa catarinense que tem sede em Imbituba (SC), atua no mercado há mais de 30 anos, controlando uma das maiores reservas de sulfato de cálcio (também conhecido como gesso agrícola) do Sul do país e aposta no potencial dos seus produtos com alta concentração de enxofre e cálcio solúveis para ampliar ainda mais sua atuação no mercado nacional.
“Temos uma fonte muito grande dessa matéria-prima e por isso podemos oferecer ao mercado um produto que entrega uma solução diferenciada. Precisamos de um agro forte para um Brasil forte, pois é no campo que está a força para o país crescer. Esse é o lema que vamos levar para a Expodireto: Agro forte, Brasil forte”, destaca Fortunato.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura