NOTÍCIAS

Especial Expointer: Aumento da produtividade no agro é a aposta da CASE na Expointer

Marca traz ao evento máquinas para obras de construção e movimentação de material e promoções em peças e serviços.

A CASE Construction Equipment, marca CNH Industrial, participa junto a JMalucelli, sua concessionária para o Sul do país, de mais uma edição da Expointer, evento realizado entre os dias 24 de agosto a 1º de setembro, em Esteio, Rio Grande do Sul. No estande da marca agrícola Case IH, a CASE expõe as máquinas de construção com aplicações no agronegócio, entre elas, a retroescavadeira 580N; a pá carregadeira 621E; a escavadeira hidráulica CX220C S2 e a minicarregadeira SR175.

Os equipamentos se destacam pelas diversas aplicações inclusive no campo. “O agronegócio é um mercado muito importante para nós, por isso, fazemos questão de acompanhar a rotina do agricultor e entender suas demandas, seja de infraestrutura no campo, onde as máquinas atuam na abertura, manutenção de estradas e curva de nível, ou mesmo no dia a dia do cultivo, fazendo uso dos equipamentos para movimentação de insumos e aumento de produtividade”, esclarece Maurício Moraes, Gerente de Marketing da CASE para América Latina.

Outra característica é o suporte em soluções pós-venda. Durante a Expointer, os empresários do agronegócio que utilizam os equipamentos de construção CASE poderão adquirir kits de revisão programada de 500, 1.000 ou 2.000 horas de utilização do equipamento, com até 10% de economia. Destaque também para as peças Genuínas com até 12% de desconto; além da disponibilidade de itens da linha NEXPRO, ideais para manter a performance durante todo o ciclo de vida das máquinas.

Para Rafael Malucelli, diretor comercial da JMalucelli Equipamentos, a participação na Expointer significa oportunidade. “Boa parte dos nossos negócios iniciados durante a feira são efetivados na sequência, e o objetivo a cada ano é fidelizar ainda mais nossos clientes, tanto na venda como no pós-venda, resultado de um atendimento constantemente aprimorado e de confiança”, finaliza.

Produtividade e Potência em máquinas

A retroescavadeira 580N é usada em todos os segmentos, inclusive no agronegócio. A 580N tem motor CASE / FPT MAR-I / Tier 3 com 85 hp de potência bruta e peso operacional de 7.553 kg.  Com tração dianteira 4x4, a versatilidade do modelo possibilita múltiplas aplicações, que vão da construção civil, à indústria e agricultura.  O modelo possui caçamba dianteira com capacidade de levantamento de 3.086 kgf e volume de 1,00 m³.

As minicarregadeiras SR175 conhecidas como Skid têm diversas aplicações na construção, na indústria e no agronegócio.  Por serem compactas, as máquinas são indicadas para lugares com limitação de espaço. Podem ser utilizadas com uma vasta gama de implementos, como caçamba, garfo pallet, rompedor hidráulico e vassoura e tem como vantagem o baixo consumo de combustível e a facilidade de operação.

pá carregadeira 621E se destaca pela economia no consumo de combustível. O motor eletrônico da CASE/FPT N67 Mar-I/Tier3 dispõe de duas curvas de potência e três modos de trabalho (standard, econômico e automático). O modo econômico garante até 10% de economia de combustível em relação à versão standard. A durabilidade dos equipamentos da série ‘E’ também é maior devido a facilidade e ao menor custo de manutenção, o que garante maior probabilidade de uma manutenção correta e, com isto, maior disponibilidade das máquinas desta versão.

Já a escavadeira hidráulica CX220C de 22.145 kg e motor CASE/FPT de 147,8 hp de potência líquida, opera tanto em serviços leves quanto em minerações e escavações de médio porte.  O modelo tem lanças, braços e opções de caçambas heavy duty, que asseguram maior durabilidade desses implementos. O sistema hidráulico proporciona melhor distribuição da vazão das bombas nos movimentos combinados.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura