NOTÍCIAS

Especial Expointer: Lançada cultivar de azevém e duas publicações na 40ª Expointer

  • 28/08/2017 |
  • Felipe Rosa​

Solenidade lançamentos na 40ª Expointer

Em solenidade realizada no estande do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) na 40ª Expointer, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) lançou a nova cultivar de azevém BRS Integração e os livros “Rede Leite – Pesquisa-desenvolvimento” e “Cultivo de soja e milho em terras baixas do Rio Grande do Sul”. O ato ocorreu no sábado, 26 de agosto, primeiro dia da exposição, com a presença de representantes das Unidades: Embrapa Pecuária Sul, Embrapa Trigo, Embrapa Clima Temperado, Embrapa Gado de Leite, Embrapa Uva e Vinho e Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, além de representantes da Emater/RS-Ascar e outros parceiros.

Durante o lançamento, o chefe-geral da Embrapa Clima Temperado, Clenio Pilon, destacou a importância do trabalho em parceria para geração de conhecimento e soluções tecnológicas para o desenvolvimento dos territórios de atuação da empresa. “A Embrapa reafirma seu compromisso com as cadeias produtivas, mostrando o que faz de melhor, que é produzir conhecimento e informação, a partir de uma extrema valorização das parcerias, com a extensão, com as universidades e com o setor privado”, destacou.

O chefe-geral da Embrapa Gado de Leite, Paulo do Carmo Martins, classificou como histórico o dia e falou sobre a importância do lançamento da cultivar BRS Integração para o setor produtivo. “Estamos lançando produtos que vão ajudar o Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, e, portanto o Brasil, a continuar sendo celeiro da produção de leite”, disse.

BRS Integração
A nova variedade de azevém BRS Integração foi desenvolvida para atender demanda dos produtores que realizam Integração Lavoura-Pecuária (ILP). Uma de suas principais características é o ciclo precoce, que possibilita a produção de mais pastagem em menor tempo, permitindo a ressemeadura natural ou colheita das sementes antes do estabelecimento de culturas de verão, como a soja, na mesma área.

A produtividade média obtida nos experimentos foi em torno de oito toneladas por hectares, com rápido estabelecimento da pastagem – em torno de 50 dias, se bem manejada. Durante o lançamento, a pesquisadora da Embrapa Gado de Leite (Juiz de Fora, MG) e lotada na Embrapa Clima Temperado (Pelotas, RS) Andréa Mittelmann, uma das responsáveis pela novidade, falou sobre as características da cultivar. “Além do ciclo mais curto, a BRS Integração é ainda mais produtiva que a BRS Ponteio e que várias cultivares que estão sendo utilizadas no País, inclusive os famosos tetraploides. Esperamos que a cultivar, que foi desenvolvida por uma grande equipe, possa contribuir efetivamente para todo o sistema produtivo”, destacou.

Outra característica importante é a tolerância ao acamamento. O colmo mais grosso dá suporte para o porte ereto, facilitando o corte mecânico e, consequentemente, o trabalho dos produtores que produzem forragem conservada, como silagem pré-secada ou feno.

A BRS Integração foi desenvolvida pelo Programa de Melhoramento de Azevém da Embrapa – com participação das Unidades Clima Temperado, Gado de Leite, Pecuária Sul (Bagé, RS) e Trigo (Passo Fundo, RS) – no âmbito da parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e a Associação Sul-Brasileira para o Fomento e a Pesquisa de Forrageiras (Sulpasto). Os experimentos e as recomendações com relação ao manejo foram desenvolvidos em parceria com a Universidade Federal de Pelotas (UFPel).

Cultivo de milho e soja em terras baixas
O livro “Cultivo de soja e milho em terras baixas do Rio Grande do Sul”, elaborado pela Embrapa Clima Temperado e Embrapa Informação Tecnológica (Brasília, DF), reúne orientações técnicas e os avanços científicos para condução de lavouras de soja e de milho em terras baixas, principalmente em áreas onde o arroz já é cultivado, de maneira a se estabelecer rotação ou sucessão de culturas.

Na parte de manejo de pragas e doenças e de plantas daninhas, o livro indica como realizar o processo, levando em consideração os produtos permitidos para cada uma das culturas. E no que diz respeito à indicação de cultivares de soja e milho, a ideia não é recomendar cultivares específicas, mas destacar características e requisitos que aumentem a probabilidade de sucesso nessas áreas.

“Essa é uma demanda histórica dos produtores da região, principalmente aqueles que cultivam o arroz irrigado. O livro reúne uma série de informações sobre manejo, fruto do trabalho de pesquisa de várias equipes, ao longo de muitos anos”, destacou a pesquisadora da Embrapa Clima Temperado Beatriz Emygdio, uma das editoras técnicas do livro.

Dividida em 14 capítulos, a publicação aborda ainda irrigação e drenagem, rotação e sucessão de culturas, a descrição climática da região e a caracterização dos solos de várzea e terras baixas. Já nos capítulos finais, os autores trazem uma abordagem mais técnico-científica, com foco nos avanços biotecnológicos para desenvolvimento de plantas resistentes aos estresses por encharcamento do solo.

Embrapa na Expointer
A Embrapa apresenta na Expointer uma série de soluções tecnológicas já disponíveis para uso do produtor e que visam à melhoria da eficiência produtiva e à qualidade dos produtos agropecuários. A tradicional feira acontece de 26 de agosto a 3 de setembro, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS).

Fortalecendo a atuação em parceria com instituições públicas e privadas, a Embrapa participa em diversas frentes da exposição, com presença garantida no estande do Ministério da Agricultura no Pavilhão Internacional, no Salão do Empreendedor, no Pavilhão de Ovinos e Bovinos de Corte e na Casa da Emater/RS-Ascar.

Serviço:
Evento: 40ª edição da Expointer
Data: de 26 agosto a 3 de setembro – das 8 às 18h
Local: Pavilhão Internacional - Parque Estadual de Exposições Assis Brasil - BR 116 – Km 13 - Esteio - RS


ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura