NOTÍCIAS

Especial Show Rural: Portfólio completo para aumentar a produtividade de milho é destaque da Bayer

Em algumas regiões do Paraná, como nos arredores de Cascavel, o atraso no plantio da soja influenciará a janela de cultivo do milho safrinha. Segundo o Departamento de Economia Rural (Deral), até o momento, os agricultores paranaenses cultivaram 4% da área de milho projetada para esta safra, comparado aos 30% do ciclo anterior. Este cenário pode representar uma queda de 7% em relação ao volume colhido em 2019, de 13,3 milhões de toneladas.

Para proporcionar as melhores alternativas para que o produtor paranaense alcance o máximo potencial produtivo de suas lavouras milho, a Bayer apresenta, durante esta edição do Show Rural Coopavel (PR), suas soluções integradas e personalizadas em biotecnologias, híbridos, portfólio de proteção de cultivos e agricultura digital.

"Com a janela da safrinha mais curta este ano no Paraná, o produtor enfrentará mais desafios na lavoura, principalmente, pelo clima. Por isso, ele precisará de um bom planejamento e fazer a escolha de híbridos adequada para que, neste ciclo, o produtor consiga uma melhor resposta de produtividade", comenta Everton Queiroz, gerente regional para milho da Bayer.

Agricultura digital

Os produtores paranaenses podem conhecer mais sobre os benefícios da plataforma de agricultura digital da Bayer, Climate FieldView, que coleta e processa automaticamente dados de campo de forma simples e integrada, gerando mapas e relatórios em tempo real - tudo acessível por celular, tablet ou computador.

Para isso, a Climate FieldView preparou um espaço no Show Rural Coopavel 2020 para que o agricultor tenha uma experiência real dos benefícios e funcionalidades da plataforma. Em alguns ambientes das marcas de sementes, os visitantes poderão saber também como a plataforma FieldView é capaz de fornecer informações que contribuem para a tomada de decisões importantes e que ajudam a aprimorar a produtividade da lavoura.

No estande, os visitantes podem interagir com um cubo holográfico, que mostra casos reais de agricultores que utilizam FieldView. Nesta atração, os agricultores podem entender melhor todas as possibilidades e vantagens da ferramenta. No local, há também uma mesa interativa, em que é possível ver como a plataforma auxilia o produtor rural, gerando relatórios e provendo informações em diferentes momentos da safra - plantio, pulverização e colheita.

Variedadeshíbridos e sementes para refúgio

Agroeste

A Agroeste apresenta, especialmente para os visitantes do Show Rural Coopavel, o lançamento do AS1757 PRO3, híbrido para a safra verão que une precocidade à genética para ambientes de alto rendimento. O ciclo e o porte de suas plantas maximizam o seu potencial produtivo, principalmente no sul do país. A sanidade foliar equilibrada do AS1757 PRO3 oferece resistência à mancha branca e ao patógeno cercóspora. O híbrido apresenta elevado peso de 1.000 grãos e é ideal para a silagem.

Ainda no portfólio de milho, o AS1844 PRO3, híbrido de ciclo superior precoce, apresenta excelentes níveis de produtividade para a safrinha, além de sanidade foliar, performando bem em todos os momentos. "Trata-se de uma ótima opção para a região, que teve o plantio da soja tardio em razão da falta de chuva e agora terá uma janela mais curta para o milho - com ele, o produtor consegue colher uma semana antes em comparação às demais variedades", explica o gerente regional da Agroeste, Carlos Peres. O AS1844 PRO3 traz ainda a tecnologia de proteção do VTPRO3 que confere proteção das partes aérea e raiz. "A última auxilia na proteção contra o acamamento e ao quebramento, especialmente em regiões onde o vento forte atinge as lavouras. Por oferecer esse conjunto de diferenciais, o AS1844 PRO3 é o híbrido mais procurado no estado", conclui Carlos.

Dekalb

Durante o Show Rural Coopavel, a Dekalb apresenta o pré-lançamento do híbrido DKB360 PRO3, que tem chegada prevista para o segundo semestre deste ano. Este milho oferece ao produtor um alto teto produtivo, altas sanidades foliar e do colmo, e, especialmente para a região, alta tolerância ao complexo de enfezamento (cigarrinha).

O manejo da cigarrinha e do enfezamento do milho, que são problemas que vêm afetando as lavouras paranaenses desde 2018, são temas abordados no estande da marca durante o Show Rural Coopavel. Dois especialistas estão no estande para falar sobre como é possível conter o problema por meio do manejo integrado de pragas, que prevê a utilização do inseticida Connect na eliminação do vetor e o tratamento de sementes CropStar, com tecnologia exclusiva que protege a semente em sua fase inicial de desenvolvimento promovendo mais vigor, posteriormente, às plantas.

Outra dinâmica no estande da Dekalb é a consultoria para silagem, na qual, especialistas abordam temas como qualidade nutricional do gado para o resultado final e para a produção leiteira. Também na área de serviços, a Dekalb recebe um grupo de produtoras rurais, clientes, para um momento de intercâmbio de conhecimento sobre as novidades do Show Rural Coopavel.

Para o desafio da janela produtiva neste início de ano, a recomendação são os híbridos DKB 265 PRO3 e o DKB 255 PRO3. "O primeiro é o híbrido mais plantado no Paraná, por possuir um ótimo arranque inicial e pela flexibilidade em se adaptar às diferentes janelas de plantio. O segundo é um precoce de alto potencial produtivo e excelente sanidade de planta", explica o gerente regional de vendas da marca, Clélio Júnior.

Sementes Agroceres

A marca Sementes Agroceres leva a Cascavel, pela primeira vez, os resultados exclusivos de um diagnóstico de utilização de seus híbridos associados ao uso da plataforma Climate FieldView. Na análise de plantio lado a lado em 10 lavouras de milho da regiãooeste do Paraná. A ferramenta constatou que 90% delas apresentou uma produtividade maior que a de marcas concorrentes.

Na feira, a marca mostra, também, alguns destes híbridos que atendem às principais necessidades do produtor da região, especialmente nos desafios atuais da janela de plantio, entre eles, destaca-se o AG8480 PRO3, híbrido precoce com diferenciais em sanidade foliar e do colmo, produtividade e rentabilidade, estabilidade produtiva e amplitude de plantio; e os super precoces AG9050 PRO3 e o AG9000 PRO3.

Todos os híbridos possuem a tecnologia VT PRO3, a primeira que auxilia na proteção da raiz do milho, evitando os ataques de lagartas como Diabrotica speciosa (larva-alfinete) e na proteção até a espiga contra os ataques de lagartas aéreas, além de ser tolerante ao glifosato e proporcionar flexibilidade no manejo de plantas daninhas.

Refúgio Max

Importante ressaltar que a Bayer leva ao evento sua marca de híbridos RefúgioMax, primeira marca de sementes exclusiva para o plantio de refúgio de milho. Lançada em 2016, ela reforça a importância da adoção de refúgio para preservar os benefícios da tecnologia Bt, prática estimulada pela Bayer. Para isso, RefúgioMax oferece sementes de milho não-Bt de alto potencial produtivo. São cinco híbridos destinados às diferentes regiões do Brasil, que proporcionam grande amplitude de plantio, visando longevidade das tecnologias Bt e sustentabilidade da atividade agrícola. A aquisição de sementes RefúgioMax pode ser feita por meio de parceiros comerciais das marcas Dekalb, Sementes Agroceres e Agroeste.

ver mais notícias
CADASTRO DE NEWS
  • Receba por e-mail as últimas notícias sobre agricultura